UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
11/08/2010 - 12h27

Fernandão admite queda de rendimento e atribui ao coletivo do São Paulo

Carlos Padeiro
Em São Paulo
  • Atacante Fernandão domina a bola em treino do São Paulo no CT da Barra Funda nesta quarta-feira

    Atacante Fernandão domina a bola em treino do São Paulo no CT da Barra Funda nesta quarta-feira

Fernandão foi apontado como a grande solução para o São Paulo assim que desembarcou no Morumbi, em maio. Mudou a forma de jogar da equipe de Ricardo Gomes nas vitórias sobre o Cruzeiro, pelas quartas de final da Copa Libertadores, e conquistou a torcida.

Entretanto, sofreu uma queda de rendimento, principalmente na volta após a pausa da Copa do Mundo, e pouco produziu contra o Inter, nas semifinais. Nesta quarta-feira, o atacante de 32 anos admitiu que não está bem e culpou a má fase do time.

“Se você for olhar, praticamente todos os jogadores apresentaram uma queda. Sempre disse aqui que é o grupo que leva o individual, e não o individual que leva o grupo. Se o grupo estiver forte, todo mundo vai estar bem. Quando cai, todo mundo cai”, argumentou, após treino no CT da Barra Funda.

Em 13 partidas com a camisa tricolor, Fernandão anotou quatro gols, todos pelo Campeonato Brasileiro (contra Internacional, Palmeiras, Vitória e Ceará).

Agora, com duas semanas sem compromissos nas quartas e quintas-feiras, o são-paulino projeta evoluir. “Eu tenho de estar focado no que tenho que melhorar, que é a finalização, a movimentação, para ter oportunidades de gol. Vou aproveitar a semana para trabalhar forte”, observou.

Pela atividade tática comandada por Sérgio Baresi na manhã desta quarta, a tendência é que Fernandão forme dupla de ataque com Ricardo Oliveira no duelo de domingo com o Cruzeiro, às 16h, no Morumbi, pela 14ª rodada do Brasileirão. O até então titular absoluto Dagoberto perdeu espaço.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host