UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
11/08/2010 - 00h44

Renato Gaúcho manda recado aos gremistas: só não pode entrar em campo

Do UOL Esporte
Em Porto Alegre
  • Treinador comandou o Bahia pela última vez e, nesta quinta, já orienta o Grêmio no Olímpico

    Treinador comandou o Bahia pela última vez e, nesta quinta, já orienta o Grêmio no Olímpico

Renato Gaúcho falou pela primeira vez após ter sido anunciado como novo treinador do Grêmio. Na despedida do Bahia, o treinador disse não temer a responsabilidade de voltar ao Grêmio e que espera um Olímpico lotado nesta quinta-feira. Confiando na recuperação do time no Brasileirão, avisou: só não pode entrar em campo para jogar.

“Estou quase sem palavras, muito feliz mesmo por realizar um sonho. Venci no Grêmio como jogador e agora, com trabalho e apoio do grupo, da diretoria e da torcida, pode ter certeza que vou vencer como treinador”, afirmou Renato Gaúcho ao final da partida do Bahia pela Série B. A equipe venceu o Paraná por 2 a 1 e foi à sexta colocação, com 23 pontos.

Ídolo do Grêmio como jogador, Renato Gaúcho disse não temer a responsabilidade de voltar como técnico no momento em que o time amarga a zona do rebaixamento. Mas avisou: não poderá entrar em campo. “Eu gosto dessa responsabilidade, mas o torcedor só tem que entender que hoje não jogo mais. Preciso do grupo dentro de campo. Mas conheço o clube e a torcida. O Grêmio é um time bem montado, é forte e os jogadores vão voltar a jogar, com alegria e confiança”, declarou.

Renato foi anunciado nesta terça-feira como novo comandante do Grêmio. Ele deve chegar em Porto Alegre na quinta-feira e já comanda a equipe contra o Goiás pela Copa Sul-Americana. O treinador espera o apoio do torcedor gremista no estádio Olímpico.

“Quando eu treinava equipes contra o Grêmio, sabia da força da torcida no Olímpico. E vamos ter essa força de novo”, disse Renato. Herói dos títulos da Libertadores e do Mundial Interclubes em 1983, o ex-atacante do Grêmio se mostrou emocionado por voltar ao clube que o revelou como jogador.

“Estou indo para um clube que praticamente me adotou quando eu era criança. Estou retornando à minha casa. Estou muito feliz e espero ajudar meu clube do coração a sair dessa situação”, finalizou.
 

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host