UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
15/08/2010 - 11h55

Artilheiro do ano passado, Tardelli entra na disputa pelo posto em 2010

Do UOL Esporte
Em Belo Horizonte

Depois de passar quatro rodadas sem marcar gols, o atacante Diego Tardelli fez dois na vitória do Atlético-MG sobre o Guarani, por 3 a 1, sábado à noite, no Ipatingão, e entrou na disputa pela artilharia do Brasileirão. Ele chegou aos seis gols e divide a liderança entre os goleadores com Alecsandro, do Internacional, e Bruno César, do Corinthians, além de Roger, que já deixou o Guarani e a competição.

“Isso é muito bom, há quatro rodadas atrás não fazia gol e hoje sou artilheiro do Brasileiro, então é importante, isso dá uma auto-estima muito boa, abrir o jornal e ver que é artilheiro do Brasileiro, me anima e me deixa feliz”, comentou Diego Tardelli, que defendeu a seleção brasileira na vitória sobre os Estados Unidos, em amistoso, na última terça-feira. No Brasileiro do ano passado, Tardelli e Adriano, então no Flamengo, foram os artilheiros com 19 gols.

Dos outros dois jogadores que já fizeram seis gols e que ainda continuam no Brasileirão, somente Bruno César estará em campo, neste domingo, no jogo em que o Corinthians enfrenta o Avaí, no estádio da Ressacada. Alecsandro, do Internacional, está lesionado e fora de combate. Mas os artilheiros podem ser superados por outros nomes já que a disputa está embolada.

Com cinco gols aparecem nada menos que oito jogadores. Desses, André, que era do Santos, já se transferiu para o futebol do exterior. Mazola, do Guarani, Everton, do Palmeiras, e Herreara, do Botafogo, não entrarão em campo neste domingo, pois seus times jogaram sábado. Roberto, do Avaí, está lesionado, e Schwenk, do Vitória, em princípio não começa como titular. Restam Wellington Paulista (Cruzeiro) e Jonas (Grêmio).

Diego Tardelli não esconde o alívio com a marcação dos dois gols contra o Guarani. Antes disso, ele havia marcado na vitória sobre o Atlético-PR, por 3 a 1, na derrota para o Vitória, por 4 a 3, e, por último, dois gols no triunfo sobre o Atlético-GO, por 3 a 2. Depois do jogo contra o time goiano, o camisa 9 atleticano passou em branco diante de Internacional, Avaí, Cruzeiro e Botafogo, já que não enfrentou o Corinthians, por estar suspenso.

“Venho recebendo muita crítica, da torcida, da imprensa e a única resposta que posso dar é dentro de campo, com muito trabalho, dedicação, fazendo o que sei. Junto com os meus companheiros, eu não vivia um bom momento, mas quando faz um gol você quer desabafar, a emoção do momento de voltar a vencer, de fazer um gol e todo mundo sabe do carinho que tenho com o Atlético e por isso a cada jogo eu quero fazer mais”, salientou.

O artilheiro atleticano lembra que a seleção brasileira lhe traz sorte. “Quando eu fui convocado a última vez eu pude voltar e fazer o gol da vitória e agora novamente. Me senti bastante à vontade com o Mano (Menezes, novo treinador da seleção) e também com os jogadores, pude fazer novas amizades, desta vez foi um pontapé muito positivo”, afirmou.

Diego Tardelli, que entrou no segundo tempo, vive a expectativa de voltar a ser convocado para a seleção brasileira, por Mano Menezes. “Agora é aguardar, ficar na expectativa, seleção é uma coisa que me faz muito bem, estar dentro do grupo da seleção é maravilhoso. Por isso estou batalhando no grupo do Atlético, porque o único que pode me colocar lá novamente é o Atlético-MG”, destacou.
 

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host