UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
15/08/2010 - 17h01

Luxemburgo tenta preservar jovens jogadores do elenco atleticano

Do UOL Esporte
Em Belo Horizonte

No jogo em que o Atlético-MG venceu o Guarani, por 3 a 1, sábado, pelo Brasileiro, o técnico Vanderlei Luxemburgo tirou o jovem João Pedro, de 18 anos, que não atuava bem, no intervalo, substituindo-o por outra prata da casa, o volante Rafael Jataí. O treinador explicou que a mexida, além de melhorar a marcação no meio-campo, visou preservar o jogador.

“O João Pedro não estava seguro, é um menino de 18 anos, começou a errar e passou insegurança para todo mundo, aí falei, vou tirar ele e colocar um outro que marca um pouco mais e preservo o menino”, observou Vanderlei Luxemburgo.

Segundo o treinador, o Jataí entrou bem no jogo. “Com isso, o Serginho cresceu de produção, porque não tinha de ficar marcando ao lado do João Pedro, o Ricardinho também não, então o time cresceu, uma mexida que eu entendi que deveria ser daquela forma para dar segurança para o meio de campo, porque a gente já estava sem lateral-esquerdo”, afirmou.

Luxemburgo destaca a importância de se contar com os jovens jogadores, revelados nas divisões de base do clube, mas ressalva que é necessário adotar cuidados especiais na utilização desses garotos.

Ele cita o exemplo de Rafael Cruz, lateral-direito contratado junto ao Atlético-GO, que demorou bastante tempo para fazer sua estreia oficial pelo Atlético-MG, o que só aconteceu na vitória sobre o Guarani, quando ele teve boa atuação, na avaliação do treinador.

“Este menino teve um problema, se machucou. Depois voltou e machucou de novo. O Macedo (Diego) vinha muito bem. São jovens e têm futuro brilhante. Temos dois jogadores jovens para a lateral, com futuro pela frente, vale investir”, analisou o técnico atleticano.
 

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host