UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
15/08/2010 - 19h03

Muricy Ramalho minimiza a vantagem do Fluminense sobre o Corinthians

Marlos Bittencourt
No Rio de Janeiro

Com a vitória por 3 a 0 sobre o Internacional, o Fluminense foi a 32 pontos e abriu quatro de vantagem sobre o Corinthians, segundo colocado no Campeonato Brasileiro. Apesar da vantagem, Muricy Ramalho descarta euforia para evitar que o trabalho desande, já que a caminhada até o título é longa e muito difícil.

“A vantagem não é grande coisa, mas são quatro pontos à frente do segundo colocado. Meu trabalho é não mudar nada e não deixar o time oscilar neste momento. Não podemos comemorar antes da hora”, alertou Muricy Ramalho.

Há 11 jogos sem perder, desde a derrota para o Corinthians na terceira rodada, o treinador disse que o Fluminense aprendeu a disputar o Campeonato Brasileiro. Mesmo com o bom momento do time na competição, ele afirmou que as cobranças não diminuirão por estar liderando de forma isolada.

“Conseguimos a vantagem porque estamos sabendo jogar essa competição. Tenho alguma experiência nisso e sei como é. Ainda teremos muitas cobranças daqui para a frente porque o Brasileiro é um campeonato complicado”, explicou o técnico do Fluminense.

Na 15ª rodada do Brasileiro, o Fluminense enfrentará o Vasco, que também venceu neste domingo, ao derrotar o Grêmio Prudente por 2 a 1. Os cruzmaltinos, embalados com a vitória, enfrentarão o Fluminense. Por isso, Emerson, que marcou o terceiro gol na vitória sobre o Internacional, disse que o time tem de ter cuidado para não se deixar levar pela confiança excessiva.

“Não é uma diferença confortável porque, se perdermos para o Vasco no próximo domingo, a vantagem sobre o segundo colocado vai diminuir. Muricy conversa com a gente todos os dias e nos mostra que não podemos ficar eufóricos com isso”, encerrou Emerson.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host