UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
15/08/2010 - 18h36

Elias reclama de pênalti não marcado e critica escalação de árbitro carioca

Do UOL Esporte
Em São Paulo

O Corinthians avalia que o árbitro Péricles Cortez interferiu diretamente na derrota por 3 a 2 contra o Avaí, neste domingo, ao não assinalar pênalti em favor do time paulista. O meio-campista Elias considerou equivocada a decisão da CBF, que escalou o árbitro carioca Péricles Cortez para apitar a partida na Ressacada, em Florianópolis.

Corinthians e Fluminense travam disputa pela liderança do Brasileiro.

“Estamos lutando pela liderança e escalam um árbitro carioca”, declarou Elias ao Canal PFC.

O lance em questão ocorreu no segundo tempo, quando Jorge Henrique foi derrubado por Emerson. A partida apontava o seguinte placar: Avaí 2 a 1 Corinthians.

A marcação do pênalti poderia resultar no gol corintiano e mudar todo o andamento do jogo, lamentou Roberto Carlos.

“Não gosto muito de falar de arbitragem. O pênalti [no Jorge Henrique] foi claro, houve sim erro da arbitragem. Além disso, ele sofreu quatro faltas e não deram nada. Aí o Jorge fez falta e deram amarelo. Os árbitros erram demais”, reclamou Roberto Carlos, em entrevista à TV Bandeirantes.

O próprio Jorge Henrique entende que há uma “conspiração” contra ele. No jogo anterior do Corinthians, contra o Flamengo, o camisa 23 também foi derrubado dentro da área, desta vez em disputa de bola com o lateral Leonardo Moura. O juiz alegou que Jorge Henrique se atirou, não marcando pênalti.

Com esta derrota, o Corinthians viu o Fluminense disparar na liderança do Brasileiro. A equipe carioca derrotou o Internacional, no Maracanã, por 3 a 0, e abriu quatro pontos de vantagem sobre os corintianos (32 a 28 pontos).
 

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host