UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
19/08/2010 - 08h18

Após título, Inter garante uso de 'todas as forças' para vencer o Brasileirão

Jeremias Wernek e Marinho Saldanha
Em Porto Alegre
  • Inter de Bolívar garante que não vai descansar até o Mundial; clube pretende lutar pelo tetra nacional

    Inter de Bolívar garante que não vai descansar até o Mundial; clube pretende lutar pelo tetra nacional

Mal houve tempo para comemorar o título da Libertadores e o Internacional já traçou sua próxima meta: o título brasileiro. Jogadores, comissão técnica e direção do time colorado deixaram claro que pretendem lutar pela conquista do torneio, algo que não ocorre desde 1979. Para isso, não haverá folga ou tempo para festa pela conquista do campeonato mais importante do continente. Celso Roth chegou a citar que todas as forças serão investidas na missão.

"Beliscamos três vezes o Brasileirão nos últimos anos. Essa é nossa obrigação, participar de cada campeonato para vencer. E ainda pensamos em vencer o Brasileirão", disse o presidente Vitório Píffero.

O discurso de foco na conquista nacional é defendido, com entusiasmo, pelo técnico Celso Roth. "Seriedade no Brasileiro e conquista. Isto é fundamental. O Inter não conquista o Brasileiro desde 1979 e eu não tenho este título ainda. Vamos trabalhar para isso, com todas nossas forças", avisou o treinador.

"Vamos retomar. Se nessa semana não conseguirmos voltar integralmente, na sequência vamos fazer isso", admitiu Roth, lembrando que o grupo de jogadores pode sentir algum tipo de 'ressaca' depois da vitória diante do Chivas, na decisão da Libertadores.

Normalmente o time que conquista a Libertadores abre mão do Campeonato Brasileiro e disputa a competição com o objetivo de não ser rebaixado. Esta postura é completamente descartada no Internacional, que pretende conquistar mais este título antes da disputa do Mundial. "Tem o Brasileiro ainda no meio do caminho, vamos tentar conquistar também", comentou o lateral-direito Nei.

Até quem está de saída do Beira-Rio reitera o desejo de manter o ritmo e buscar o tetracampeonato brasileiro. "Esse momento de conquista é muito importante e bonito, mas temos que focar no próximo objetivo. Eu não estarei aqui, mas acompanharei meus companheiros na briga pelo título brasileiro também", explicou Sandro, que se despede do Internacional por estar negociado com o Totthenham, da Inglaterra.

O Inter não está mal na disputa do Brasileirão. Com 20 pontos, o time colorado ocupa a 7ª colocação, mas tem um jogo a menos. A partida contra o Santos foi adiada logo depois da segunda semifinal contra o São Paulo e ainda não tem nova data para ser disputada.

 


 

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host