UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
19/08/2010 - 15h13

Ernando minimiza atraso nas premiações e cobra melhor futebol do Goiás

Do UOL Esporte
Em São Paulo
  • Revelado pela base do Goiás, Ernando minimizou atrasos nos pagamentos e cobrou melhor futebol

    Revelado pela base do Goiás, Ernando minimizou atrasos nos pagamentos e cobrou melhor futebol

Como se não bastasse a má fase da equipe no Campeonato Brasileiro, o Goiás atravessa uma crise política e financeira que já resulta em alguns atrasos em pagamentos para o elenco. Porém, parece que os jogadores não estão muito preocupados com isso, e para o zagueiro Ernando, a equipe precisa mostrar um melhor futebol dentro de campo para que esses problemas sejam esquecidos.

“Nosso compromisso é com o Goiás e com o torcedor. Nós jogadores temos que pensar em fazer nosso trabalho dentro de campo, pois, se conseguirmos as vitórias, tudo muda, as premiações serão pagas. Cabe as nós evoluir dentro de campo e conseguir esses resultados que serão importantes para iniciar uma sequência boa no campeonato”, declarou o zagueiro, que ainda revelou o que está em atraso com o elenco.

“Eu tenho certeza que os diretores vão assumir os compromissos, como sempre fizeram aqui no Goiás e eu conheço bem, então é cada um fazer sua parte que todo mundo sai feliz. O prometido é o de sempre, as premiações por vitórias e os bichos por vitórias, nada mais do que isso não. A gente entende que a situação não está fácil e esperamos pelo menos dentro de campo resolver essa situação ruim”, completou o zagueiro.

Apesar de dar uma amenizada na crise, a situação é um pouco mais delicada do que revelou Ernando. Segundo o UOL Esporte apurou, os salários de julho dos jogadores, além de 14 bichos (inclusive o da classificação da Copa Sul-Americana) ainda não foram pagos pela diretoria, e não há previsão para que a situação seja regularizada. Além disso, o Goiás também deve impostos de 2009 e 2010, dívida esta que pode ultrapassar os R$ 20 milhões.

Na última terça-feira o Conselho Deliberativo do Goiás se reuniu e vetou a negociação do zagueiro Rafael Tolói, que teria despertado o interesse do Palermo, da Itália. Com esse veto, o presidente Syd de Oliveira Reis perdeu a oportunidade de conseguir cerca de R$ 4,5 milhões (dois milhões de euros), dinheiro que poderia ser usado para sanar parte das dívidas do clube.

O Goiás segue se preparando para enfrentar o Grêmio Prudente, no próximo sábado, às 18h30 (de Brasília), no estádio Serra Dourada. Como o zagueiro Rafael Tolói está suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Ernando deve ser uma das novidades no time titular. Além dele, o técnico Emerson Leão deve escalar o meia Romerito, no lugar do volante Amaral, para deixar a equipe mais ofensiva e conseguir a vitória para tirá-la da penúltima posição no Campeonato Brasileiro.
 

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host