UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
19/08/2010 - 07h02

Santos e Atlético têm times mudados em relação aos jogos pela Copa BR

Bernardo Lacerda
Em Vespasiano (MG)

Adversários pela terceira vez nesta temporada, a primeira pelo Campeonato Brasileiro, Atlético-MG e Santos se enfrentarão no próximo domingo, na Vila Belmiro, às 16h, com equipes bem diferentes das que se confrontaram pelas quartas de final da Copa do Brasil, quando o time paulista, que foi o campeão, eliminou a equipe mineira. O clube santista perdeu o jogo de ida, por 3 a 2, e venceu o segundo, por 3 a 1.

Do time do Atlético que recebeu a equipe paulista no Mineirão, no dia 28 de abril, pelo jogo de ida das quartas de final da competição, seis jogadores não fazem mais parte do elenco atleticano. Outros três não são mais titulares e apenas cinco atletas atuaram sob o comando de Luxemburgo nas últimas partidas.

Já não fazem mais parte do elenco alvinegro, os laterais Carlos Alberto e Júnior, os volantes Correa e Jonílson, o armador Renan Oliveira e o atacante Muriqui. Já o goleiro Aranha, o volante Fabiano e o lateral Leandro não estão sendo titulares. Curiosamente o arqueiro voltará a enfrentar o Santos no domingo, na vaga de Fábio Costa, que, por força de contrato, não poderá enfrentar o seu ex-clube.

Do confronto no Mineirão, vencido pelo Atlético-MG, por 3 a 2, Werley, Jairo Campos, Zé Luís, Ricardinho e Diego Tardelli são considerados titulares com o treinador. Desses, o equatoriano e o volante não participarão da partida do próximo domingo por estarem lesionados.

Já na equipe santista, as modificações também são grandes. Em comparação com o último jogo pelo Brasileiro, contra o Vitória, no último domingo, o goleiro Felipe, que não é mais titular absoluto, Maranhão, Durval, Edu Dracena, Arouca, Paulo Henrique Ganso e Zé Eduardo estiveram presentes na partida disputada no Mineirão.

Desses, Edu Dracena e Zé Eduardo não poderão atuar domingo por cumprirem suspensão. Os outros desfalques santistas para o jogo serão o volante Wesley negociado, Marquinhos e Rodriguinho suspensos e Robinho e André que já não estão mais no clube paulista.

Um dos poucos titulares nos dois outros confrontos pela Copa do Brasil, o atacante Diego Tardelli, que marcou três gols na partida de ida, vê o confronto do final de semana diferente. “O Santos vinha em melhor momento, era a sensação, time leve, que tinha grandes resultados. O nosso também mudou muita coisa, tinha o Correa, Marques que saíram, mudamos vários jogadores. Agora os dois times são diferentes e têm jogadores novos”, destacou.
 

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host