UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
22/08/2010 - 21h24

Em sua estreia pelo Flu, meio-campo Deco lamenta chance perdida

Do UOL Esporte
No Rio de Janeiro

Quando entrou em campo, a imponência do Maracanã espantou Deco. A rivalidade entre Vasco e Fluminense trouxe mais de 80 mil pessoas ao Maracanã, que já faziam festa antes da bola rolar. O jogador foi ao banco e, antes do apito inicial, ainda cumprimentou o ex-companheiro de Porto, Carlos Alberto.

Em sua nova realidade, o meia estava ansioso para a partida.“Vamos ver, é um nova realidade. Mas nunca vi nada igual”, destacou. A bola rolou e o jogo pareceu favorável para a equipe tricolor, com Gum marcando aos sete minutos. Tranquilo, Deco observava atentamente a partida e batia papo com Marquinho e Ricardo Berna, que estavam ao seu lado no banco de suplentes.

Assim viu o empate, no fim do primeiro tempo, e a virada do Vasco na outra metade. Logo depois, a torcida já pedia pela sua entrada. Ele ainda viu o gol de empate do Tricolor, antes de ser chamado por Muricy, na metade da segunda etapa. Aos 29, entrava no lugar de Diguinho.

Em campo, o meia pouco pôde fazer, mas melhorou o passe da equipe tricolor. Aos 40 minutos, o seu momento chave: depois de um cruzamento, a bola sobrou livre na entrada da área e ele acabou chutando por cima do gol.

“Surgiu uma oportunidade de frente para o gol, mas acabei batendo de primeira e perdi", disse o camisa 20 ao sair de campo e ainda complementou. "O estilo é diferente e preciso me adaptar”, afirmou.

Muricy também aprovou a entrada do jogador no Fluminense. Segundo ele, o atleta fez uma boa dupla com o Conca. Contudo, sua escalação como titular na partida diante do Goiás, no Serra Dourada, nesta quarta-feira, não é certa.

“Gostei muito de sua entrada e ele melhorou muito o passe. Mostrou que sabe da posição em que atua e é muito habilidoso. Na próxima partida, não posso afirmar se ele entra como titular, fico devendo, pois temos de ver a parte física”, encerrou o treinador.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host