UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
23/08/2010 - 20h45

Diretoria mostra confiança em absolvição, mas admite temer ausência de Felipão

Rodrigo Farah
Em São Paulo
  • O técnico Luiz Felipe Scolari será julgado nesta quarta pela expulsão contra o Atlético-PR

    O técnico Luiz Felipe Scolari será julgado nesta quarta pela expulsão contra o Atlético-PR

O técnico palmeirense Luiz Felipe Scolari será julgado nesta quarta-feira pela Terceira Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por conta da expulsão contra o Atlético-PR. Se pegar a pena máxima, Felipão poderá pegar até 12 jogos de suspensão. A diretoria do time alviverde afirmou nesta segunda-feira que acredita na absolvição, porém, admitiu certo temor em ficar sem o treinador por alguns jogos.

“Não acreditamos que ele será punido, não falou nada tão forte assim. Vamos apoiá-lo e ele inclusive estará lá para o julgamento. Qualquer declaração inadequada deve ser evitada, seja do treinador, da diretoria ou dos jogadores. Só que este é um assunto interno e vamos conversar entre nós para não termos problemas com isso no futuro”, ressaltou o vice-presidente de futebol do Palmeiras, Gilberto Cipullo.

O árbitro Wilton Pereira Sampaio, do duelo contra o Atlético-PR, colocou na súmula que o comandante palmeirense teve que ser expulso por dizer: “Você só marca contra a gente, p...!”, e seguiu “Você é um safado!”.

Depois disso, Felipão foi denunciado pelo artigo ofender alguém em sua honra por fato relacionado diretamente ao desporto e por desrespeitar os membros da equipe de arbitragem ou reclamar desrespeitosamente contra suas decisões – números 243-F e 258, §2º, II, respectivamente, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Segundo o site da Justiça Desportiva, o técnico pode ser punido com multa entre R$ 100 a R$ 100 mil e suspensão de até seis partidas, no primeiro artigo, e até seis partidas também no segundo. Com isto, caso pegue o gancho máximo nas duas denúncias, Scolari terá que ficar 12 jogos sem poder atuar, além de pagar multa de até R$ 100 mil.

“Ele faria muita falta se fosse suspenso. É uma figura muito importante no banco de reservas, mas acreditamos na sua absolvição”, afirmou o vice-presidente de futebol do Palmeiras.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host