UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
23/08/2010 - 18h53

Fora dos planos de Luxa, Marcelo e Sheslon devem rescindir contratos

Bernardo Lacerda
Em Vespasiano (MG)
  • Marcelo atuou apenas quatro vezes pelo Atlético no Brasileiro

    Marcelo atuou apenas quatro vezes pelo Atlético no Brasileiro

O goleiro Marcelo, que foi uma das apostas do técnico Vanderlei Luxemburgo para solucionar o problema do gol do Atlético-MG, antes da chegada do atual titular Fábio Costa, não permanecerá no clube mineiro. Ele vai tentar acertar a rescisão do seu contrato, o mesmo acontecendo com o lateral-direito Sheslon, jogador revelado pelas categorias de base.

Os dois atletas não estão mais nos planos do Atlético-MG, de acordo com a assessoria de comunicação do clube mineiro, que informou ainda que Marcelo e Sheslon se reunirão com dirigentes para definir oficialmente a saída deles. A expectativa atleticana é que seja feito acordo para a rescisão.

Marcelo teve poucas chances no Atlético-MG. Ele fez sua estreia na vitória sobre o Atlético-PR, por 3 a 1, no Mineirão. Depois atuou mais três vezes, quando o time atleticano foi derrotado em todas elas: Vitória (4 a 3), Fluminense (3 a 1) e Grêmio (2 a 1).

No total, em quatro partidas, Marcelo levou 10 gols, média de 2,5 por compromisso. Aos 26 anos, o goleiro que foi revelado pelo Corinthians, teve passagens por Ituano e Bahia.

O lateral-direito Sheslon, por sua vez, foi revelado pelo próprio Atlético, mas nunca se firmou no time profissional. Com 23 anos, o jogador com a chegada do técnico Vanderlei Luxemburgo chegou a ser treinado para se tornar zagueiro, mas a mudança de posição acabou não se confirmando.
 

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host