UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
23/08/2010 - 07h05

Valdivia tem retorno discreto e não estipula prazo para render o esperado

Do UOL Esporte
Em São Paulo
  • Em sua reestreia, meia chileno Valdívia finalizou apenas uma vez e deu somente uma assistência

    Em sua reestreia, meia chileno Valdívia finalizou apenas uma vez e deu somente uma assistência

Após dois anos atuando no futebol dos Emirados Árabes, o meia Valdivia fez sua reestreia pelo Palmeiras. E o primeiro jogo foi bem discreto. O chileno atuou 45 minutos no empate sem gols diante do Guarani, em Campinas, e demonstrou nítida falta de ritmo. Aliás, o camisa 10 não estipulou um prazo para render o esperado.

Durante a semana, o técnico Felipão havia admitido que Valdivia ainda não estava com 100% de suas condições físicas e, por isso, projetava sua participação em apenas um tempo ou, no máximo, 60min. Devido ao forte calor, o treinador decidiu poupá-lo na etapa inicial.

Quando entrou em campo, o chileno pouco produziu. Segundo estatísticas do Datafolha, deu apenas um drible, que é uma de suas principais características. Em outros fundamentos, o meia também passou apagado: uma finalização errada, somente uma assistência e seis bolas perdidas.

A atuação ainda longe do esperado tem explicação. O meia não entrava em campo desde a eliminação da seleção chilena no Mundial da África do Sul. “No começo, vai ser difícil. Eu não jogava fazia muito tempo. Não tenho um prazo [para reencontrar o melhor futebol]”, disse.

“A minha vantagem é que já conheço o quanto difícil é o futebol brasileiro. Tenho de achar o espaço no time. Estou trabalhando para render o que eu quero e o que esperam de mim”, concluiu.

Até mesmo o elenco se mostra ‘paciente’ com a volta do bom futebol do chileno. "O Valdivia está fora de ritmo, ficou 30 dias parado e, mesmo assim, já mostrou a qualidade dele. Deu alguns passes e, com certeza, vai ser muito importante para nós”, comentou o goleiro Marcos.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host