UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
24/08/2010 - 17h05

Após fim do 'oba-oba', especulações e desmanche, Santos foca título do BR

João Henrique Marques
Em Santos (SP)

DORIVAL DEIXA 3 VAGAS EM ABERTO

  • Santos F.C (Divulgação)

    Dorival Júnior não deu pistas da equipe que pretende colocar em campo na partida contra o Grêmio, no Olímpico, quarta-feira, às 22h, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador deixou em aberto duas vagas no meio-campo e outra no ataque pensando em transtornar o treinador do adversário, Renato Gaúcho.

    Aumentando o mistério, Dorival promoveu apenas um treinamento recreativo, na manhã desta terça-feira, no CT Rei Pelé.

A caminhada do Santos rumo ao título do Campeonato Brasileiro foi extremamente prejudicada no início do segundo semestre. O alvinegro priorizou outra competição, a Copa do Brasil, sofreu com a intensa especulação em torno do elenco, e pouco depois viu o time iniciar um processo de desmanche. Passado os problemas, todos no clube acreditam que é hora de focar na conquista da competição.

Diretoria, comissão técnica e jogadores crêem que a atual diferença de 12 pontos para o líder Fluminense é reversível. Atualmente, o Santos ocupa a 6º colocação, com 21 pontos, mas tem uma partida a menos que os integrantes do G-4.

A aposta santista é pela volta do bom futebol apresentado pela equipe no primeiro semestre, Além da permanência da dupla Paulo Henrique Ganso e Neymar.

O objetivo principal da manutenção dos craques do elenco foi a disputa da Libertadores-11. No entanto, com apenas a disputa do Brasileiro até o fim da temporada – o Santos foi eliminado na Sul-Americana logo no confronto de estreia, contra o Avaí – a crença é que o rendimento da equipe cresça consideravelmente.

“Todas as possibilidades que poderiam nos causar transtornos foram diminuídas ao extremo. A diretoria se posicionou e isso foi importante. Ela marcou terreno. Agora, os jogadores que aqui estão têm que focar o Brasileiro. Paralelo a isso, nós da comissão técnica podemos ir planejando a Libertadores”, comentou Dorival.

 

“Esses últimos 40 dias foram um inferno com tantas especulações. Não é fácil na cabeça de qualquer jogador, imagina de jovens”, complementou.

O treinador ainda não colocou em campo a equipe que considera a ideal para o segundo semestre. A camisa 9 ainda está à espera de Keirrison. Outras vagas no time podem ser abertas devido ao bom rendimento dos reservas. Casos específicos de Danilo e Zezinho, concorrentes de Rodriguinho e Marquinhos.

“Acho que o Santos tem capacidade para brigar pelas primeiras colocações o mais rápido possível. A colocação atual é natural, pois tivemos dificuldade ao longo do primeiro turno, disputando competições paralelas. Deixamos pontos importantes para trás, mas a atitude foi correta”, argumentou o treinador.

O próximo jogo do Santos no Brasileirão é quarta-feira, às 22h, no Olímpico, contra o Grêmio. A partida é considerada vital para o clube seguir com a pretensão de conquistar o título da competição.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host