UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
24/08/2010 - 07h03

Mal como mandante, Cruzeiro parte para sua "quarta casa" no Brasileirão

Gustavo Andrade
Em Belo Horizonte
  • Jonathan afirma que a casa do Cruzeiro é o Mineirão, que está em reforma para a Copa de 2014

    Jonathan afirma que a casa do Cruzeiro é o Mineirão, que está em reforma para a Copa de 2014

Nesta quarta-feira, diante do Corinthians, o Cruzeiro utilizará sua “quarta casa” no Campeonato Brasileiro. Depois de passar por Mineirão, Arena do Jacaré e Ipatingão, o time celeste espera, no Parque do Sabiá, em Uberlândia, amenizar a fraca campanha como mandante na competição nacional.

Com dez pontos somados em sete partidas em que atuou como mandante no Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro tem aproveitamento (47,62%) em casa superior apenas aos dois últimos colocados da competição Goiás e Atlético-GO (28,57% e 33,33%).

No Mineirão, o Cruzeiro disputou três jogos e venceu apenas um, todos ainda sob o comando de Adilson Batista. O único triunfo no estádio da Pampulha aconteceu diante do Botafogo, por 1 a 0. Os outros dois compromissos terminaram empatados, com Avaí em 2 a 2 e Santos em 0 a 0.

Sem poder utilizar o Mineirão, o Cruzeiro mandou dois jogos após a paralisação para a Copa do Mundo na Arena do Jacaré e venceu Goiás, por 1 a 0, e empatou com o Grêmio, em 2 a 2. Na sequência, depois de muitas reclamações dos jogadores em relação ao gramado do estádio de Sete Lagoas, o time celeste partiu para Ipatinga.

No Ipatingão, a equipe comandada por Cuca não venceu nem fez gols. No primeiro jogo, houve empate sem gols com o Grêmio Prudente, então comandado por Toninho Cecílio. O treinador partiu para o Vitória e impôs, no domingo passado, outro resultado negativo ao Cruzeiro, com derrota por 1 a 0.

Os próprios jogadores cruzeirenses admitem que a má campanha em casa gera incômodo. “A equipe está devendo bom futebol. No jogo de domingo, a equipe pressionou, mas não saiu o gol. O Vitória saiu mais para o jogo. Enfim, foram chegando mais perto do nosso gol, conseguiram o primeiro e se fecharam, depois ficou difícil. Agora temos que esquecer, procurar vencer o Corinthians, procurar a vitória e jogar bem”, afirmou o volante Marquinhos Paraná.

Já o lateral-direito Jonathan não esconde a insatisfação em não poder utilizar o Mineirão. “A gente não está jogando em casa, nossa casa é o Mineirão. Estamos sempre pingando aqui e ali e não estamos conseguindo nos adaptar ao gramado, mas temos que achar melhor forma para jogar em casa e voltar a vencer. Esses pontos são importantes”, observou.

Em Uberlândia, o Cruzeiro enfrentará ainda Flamengo e Internacional. O clube não se decidiu sobre onde mandará os jogos seguintes e admite a possibilidade de retornar à Arena do Jacaré, caso o gramado seja reformado.

“Nunca descartamos 100% a Arena do Jacaré. Somos um clube sem teto, estamos encontrando muitas dificuldades na readaptação. O vestiário não é aquele que está acostumado, você não se identifica. Vamos ao Parque do Sabiá, depois podemos fazer mais jogos na Arena do Jacaré, a gente espera que solicitações do Corpo de Bombeiros e do Ministério Público tenham sido atendidas e o estádio possa comportar público maior. Podemos voltar a jogar na Arena se gramado estiver melhor”, disse o gerente de futebol do clube, Valdir Barbosa.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host