UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
25/08/2010 - 11h00

Em momentos diferentes, Grêmio e Santos revivem semifinal da Copa do Brasil

Marinho Saldanha
Em Porto Alegre

GRÊMIO E SANTOS MUDARAM MUITO

  • Neco Varella/Freelancer

    A saída de Silas e a chegada e Renato Gaúcho foi a troca mais sentida no Grêmio desde o último jogo

  • AFP

    O Santos perdeu sua maior estrela, manteve Neymar e está bem no Campeonato Brasileiro

Grêmio e Santos voltam a se enfrentar nesta quarta-feira, às 22h, no Olímpico. As duas melhores equipes do primeiro semestre do futebol brasileiro se encontram em momentos bastante diferentes. O Santos conquistou a Copa do Brasil e faz um Brasileiro regular, enquanto o Grêmio se afundou em uma crise exatamente após duelar com os "meninos da Vila". Os times que entrarão em campo nesta noite estão completamente modificados. Os gaúchos mudaram até de técnico, enquanto os paulistas perderam sua maior estrela.

Atual 6º colocado no Brasileirão, o Santos só tropeçou quando priorizou a Copa do Brasil. Porém, o título do torneio mostrou que a opção foi a mais correta. Sem Robinho, que voltou para a Europa, a boa notícia foi o "não" de Neymar ao Chelsea e a manutenção do jovem craque.

Dorival Júnior segue no comando do time santista, mas a equipe mudou bastante. Comparando o Santos que entrará em campo esta noite e o time que perdeu por 4 a 3 no Olímpico, em 12 de maio, pela Copa do Brasil, há cinco alterações.

Naquele jogo, Neymar estava suspenso e deu lugar a André, Robinho atuou no ataque, agora será Zé Eduardo, Wesley estava no meio mas agora será Rodriguinho, Léo era o lateral-esquerdo e, lesionado, dará lugar a Alex Sandro e Felipe defendia o gol, nesta quarta será Rafael. Além disso o Santos conta com Keirrison, maior contratação da janela atual no time.

O Grêmio teve no Santos o marco negativo de sua trajetória em 2010. Desde que perdeu a semifinal da Copa do Brasil o time portalegrense entrou em crise. Na zona do rebaixamento no Brasileiro, Silas deu lugar a Renato Gaúcho, mas o novo técnico ainda não conseguiu por fim no momento ruim. O departamento de futebol também foi alterado, novos jogadores chegaram e o futuro gremista é uma incógnita.

Comparando o o time que esteve em campo no jogo de ida da Copa do Brasil e o atual foram cinco trocas. Rodrigo foi trocado por Rafael Marques, Ozeia deu lugar a Vilson, Mário Fernandes saiu para a entrada de Fábio Santos, Adílson cedeu vaga a Fábio Rochemback e Hugo deixou o time para a entrada de Souza.

A crise gremista ainda culminou na dispensa de Rodrigo e na venda de Hugo, dois jogadores que foram titulares no duelo do primeiro semestre. O momento gremista variou tanto que Borges, autor de três gols no jogo de ida, retomou a titularidade somente agora, já que vinha sendo reserva.

O Grêmio espera um resultado semelhante ao ocorrido em maio: vitória por 4 a 3. O jogo foi movimentado e de alto nível, algo que o Grêmio não faz há muito tempo. Enquanto isso, o Santos conta com a estreia de Neymar no Olímpico e busca fazer valer sua força, como fez no placar agregado pela Copa do Brasil.

 

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host