UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
25/08/2010 - 07h08

Renato muda esquema do Grêmio e diz que ainda não tem um time ideal

Daniel Cassol
Em Porto Alegre

Depois de repetir a equipe na vitória sobre o Goiás e na derrota para o Ceará, o técnico Renato Gaúcho deve mudar o esquema do Grêmio que encara o Santos nesta quarta, no estádio Olímpico. Com reforços e ainda reclamando da falta de tempo para trabalhar, o treinador diz que ainda não chegou a um time ideal.

“Essa resposta são os resultados que vão me dar. O time ideal é aquele que entra em campo e ganha. As oportunidades estão sendo dadas, mas ainda não defini uma equipe por falta de tempo e porque ainda estou procurando a melhor equipe e o melhor esquema”, afirma Renato.

Nos dois dias de treinamento para o jogo contra o Santos, Renato testou três esquemas e pelo menos cinco escalações diferentes. O mais provável é que a equipe entre em campo nesta quarta no 4-4-2, com a estreia de Vilson na zaga e a volta da dupla Jonas e Borges no ataque. Nos dois jogos anteriores, o Grêmio atuou no 3-6-1, apenas com Jonas na frente.

No Grêmio há quase duas semanas, Renato repete à exaustão que precisa de tempo para corrigir os erros do time. “Não vou chegar aqui e, com dois jogos, acertar tudo e definir uma equipe”, pondera. O treinador também espera pelos reforços: o lateral-direito Gabriel e o zagueiro Vilson foram apresentados nesta terça e ainda devem chegar os laterais Jéferson e Gilson, do Paraná Clube.

“Ninguém tem posição garantida. Todos vão receber oportunidade e precisam mostrar dentro das quatro linhas. Comigo, não tem idade, salário ou nome”, avisa Renato.

Por enquanto, algumas apostas do antigo técnico, Silas, vão perdendo espaço no Grêmio de Renato Gaúcho. O zagueiro Ozeia deve perder posição para Vilson e o volante Ferdinando nem foi relacionado para o jogo contra o Santos - segundo o Grêmio, por lesão.
 

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host