UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
06/09/2010 - 19h00

Preocupação da preparação física atende pelo nome de Renato no Fla

Vinicius Castro
No Rio de Janeiro
  • O meio-campo Renato Abreu ainda não teve uma grande atuação desde o seu retorno ao Flamengo

    O meio-campo Renato Abreu ainda não teve uma grande atuação desde o seu retorno ao Flamengo

Três anos no futebol dos Emirados Árabes foram mais do que suficientes para “tirar” do meia Renato o ritmo do futebol brasileiro e o costume de como a bola rola no país do futebol.

O jogador retornou ao Flamengo no início de agosto e, reestreou na vitória por 1 a 0 contra o Ceará. Ao que parece, a necessidade de enriquecer a equipe tecnicamente prejudicou a readaptação do jogador ao país.

Quem atestou o fato foi o preparador físico do Flamengo, Emerson Buck, que não escondeu a preocupação com o jogador.

“O Renato está sentindo e armamos um esquema para ele ir até o limite. É o mais preocupante porque não fez preparação e vem de uma inatividade grande. O grande problema é quando o atleta não faz a preparação e tem de ir para o jogo. Na sequência, além de não suportar, começa a ter risco de lesão muscular. Quem não estiver preparado não será liberado de agora em diante”, garantiu o preparador.

 

A maratona de jogos que se apresenta para o Flamengo deve expor as dificuldades da equipe. Além de tudo, soma-se o fato de a equipe rubro-negra estar sem vencer há cinco embates e contar também com o pior ataque da competição nacional, com apenas 14 gols assinalados.

“O grupo deve estar em torno de 80%. Falta um pouco de força e velocidade. Até a média de idade avançada colabora para isso. Até o dia 10 de outubro há uma pegada forte de jogos e vamos tentar dar uma lapidada no grupo”, finalizou Emerson Buck.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host