UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
06/09/2010 - 12h55

René Simões mantém otimismo e alerta o Atlético-GO: "ainda não está tudo bem"

Do UOL Esporte
Em São Paulo
  • Artilheiro do Brasileirão com nove gols Elias (e) desfalca o Atlético-GO na partida contra o Grêmio

    Artilheiro do Brasileirão com nove gols Elias (e) desfalca o Atlético-GO na partida contra o Grêmio

O elenco do Atlético-GO se reapresentou na manhã desta segunda-feira após a goleada por 4 a 1 aplicada sobre o Vitória-BA, na noite do último domingo, no estádio Serra Dourada. O técnico René Simões comandou apenas um leve trabalho regenerativo e aproveitou para conversar com o grupo. O treinador fez questão de lembrar o elenco de que ainda há um longo caminho pela frente.

“Não adianta jogar bem e perder o jogo, temos que ganhar as partidas pela situação que nós estamos. Hoje (ontem) nem tivemos uma boa atuação e ganhamos. Agora, não adianta achar que com esta vitória está tudo bem, porque não está ainda, tem muito trabalho a ser feito”, declarou o treinador, que ainda mostrou otimismo pela permanência do Atlético-GO na Série A.

“Desde que eu cheguei ao Atlético-GO que vi toda a estrutura do clube e a vontade dos jogadores eu demonstrei otimismo. Nós vamos lutar até dezembro para nos livrar da zona de rebaixamento. Demos uma boa caminhada, mas o trabalho continua, não mudou nada e na próxima rodada teremos uma pedreira que é o Grêmio”, completou.

Para esta partida contra o Grêmio, nesta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), no estádio Olímpico, em Porto Alegre, o técnico René Simões não poderá contar com o zagueiro Welton Felipe, com um desconforto muscular na coxa, e com os meias William e Elias, artilheiro do Campeonato Brasileiro, suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Além deles, o lateral direito Vitor Ferraz também reclamou de dores e é dúvida.

Por outro lado, o Atlético-GO conta com o retorno do volante Ramalho e do zagueiro Daniel Marques, que cumpriram suspensão e estão à disposição do treinador, assim como o volante Robston, que se recuperou de lesão e foi relacionado para viajar com o grupo na tarde desta segunda. René Simões reclamou do pouco tempo para treinar o elenco e disse que os trabalhos serão feitos na base da “prancheta”.

“Amanhã (hoje) a gente não faz absolutamente nada. Viaja para Porto Alegre e no dia seguinte treina e podemos fazer menos ainda, pois 48h depois da partida é o pior momento para o jogador. Então tenho que trabalhar no quadro, na prancheta, conversar bastante com eles para manter a tendência de a equipe jogar bem. Agora é um quebra cabeça e espero que dê certo”, finalizou o treinador.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host