UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
13/09/2010 - 07h08

Joel Santana comemora momento do Botafogo, mas contém euforia

Do UOL Esporte
No Rio de Janeiro

O Botafogo inicia a semana de trabalho em um momento amplamente favorável no Campeonato Brasileiro porque encostou no líder Fluminense após a vitória sobre o São Paulo, domingo, no Engenhão, por 2 a 0. Experiente, Joel Santana ressaltou que o grupo precisa manter a postura.

O técnico demonstra felicidade, mas lembrou que o grupo precisa saber conviver com os elogios. Além disso, pediu para o grupo manter o profissionalismo e não deixar compromissos particulares atrapalharem o trabalho.

“Nossa vida não pode mudar. Precisamos saber conviver com os elogios. Esse momento é gostoso porque mexe com nosso ego, mas precisamos manter o equilíbrio. No futebol precisamos estar preparados para tudo, inclusive, quando estamos nos auge. O grupo precisa tomar cuidado com os deslizes. Não podemos nos deixar por outros convites e compromissos paticulares. A vida particular não pode atralhar nosso trabalho”, afirmou Joel, não deixando de lado seu bom humor.

“Precisamos continuar calçando nossa velha sandália. Não podemos escolher aquela sapatilha com uma meia diferente. Podemos festejar, mas com moderação. Não conseguimos nada e o nossa caminhada até dezembro é longa. Porém, pelo que estamos demonstrando talvez o Botafogo não seja uma nuvem passageira e momentânea”, disse.

De olho no compromisso diante do Goiás, quarta-feira, às 19h30, no Serra Dourada, o técnico lembrou que o jogo será ainda mais complicado por conta do momento difícil vivido pelo adversário. O Esmeraldino encontra-se na lanterna do Brasileirão.

“Esse jogo será perigoso em função da situação do Goíás na tabela. O jogo ainda será na casa deles. Recentemente eles ganharam do Guarani. De qualquer forma, o equilíbrio será importante”, encerrou.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host