UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
15/09/2010 - 22h37

Xingado por Neymar, Dorival vê falta de controle e promete punição; atacante minimiza

João Henrique Marques
Em Santos (SP)

Dorival Júnior demonstrou enorme constrangimento por ter sido alvo de xingamento de Neymar no fim da partida contra o Atlético-GO, na noite desta quarta-feira, na Vila Belmiro, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para o treinador, o jovem está incontrolável, e espera ver a situação mudar após uma punição.

A atitude de Neymar foi originada após o treinador proibi-lo de cobrar um pênalti nos minutos finais do jogo. O jovem xingou Dorival, e o ouviu responder da mesma maneira. A penalidade foi cobrada por Marcel, após determinação do técnico. O camisa 11 ficou de costas durante a cobrança e comemorou timidamente.

“Foi uma situação que infelizmente foi exposta, mas vou resolver tudo internamente, ao lado da diretoria, do jogador, e do pai dele (Neymar da Silva Santos). Não me sinto confortável para falar disso. Todos os momentos que sentirmos um ato de indisciplina, não importa se for o Neymar, ou um garoto da base, a punição aconteceu. Gosto muito dele, mas hoje aconteceu um fato novo, e vamos ter que agir da mesma forma” disse Dorival sem especificar a punição.

“Ele teve um ato de indisciplina que foge de uma normalidade, assim como seu futebol. Vou fazer tudo que estiver ao meu alcance para ajudar. Nunca tive problemas de indisciplinas em 7 anos como treinador, mas com o Neymar tem acontecido alguns fatos. Está sendo uma escola essa convivência” complementou o treinador.

RENÊ: 'ESTAMOS CRIANDO UM MONSTRO'

  • Renê Simões ficou inconformado após presenciar na beira do campo Neymar xingar Dorival Júnior. O treinador do Atlético-GO fez duras críticas ao jovem após a derrota de sua equipe para o Santos.

    "Hoje, estou extremamente decepcionado com uma coisa que vi. Trabalho desde garoto no futebol e nunca tinha visto alguém tão mal-educado como esse rapaz, o Neymar. Estamos criando um monstro no futebol brasileiro. Ele se julga o senhor todo-poderoso dentro de campo; ninguém pode fazer nada", esbravejou Renê.


Minutos após o jogo, ainda no vestiário, Neymar buscou minimizar o problema com longos posts em sua página no Twitter.

“Voltamos a ganhar graças a Deus! E gente discussão que houve dentro do gramado é de quem quer vencer sempre então foi em pró ao grupo!... Respeito e gosto muito do Dorival é uma pessoa que tem minha admiração ! Ta tudo tranqüilo ! Tamo junto Professor kkkkk...gente nao deu piti nao po kkkkk ...quero ganhar po e fazer gols pra ajudar o santos !!! simplesmente isso ! mais valeu a galera que [sic]”postou o camisa 11.

Em campo, Neymar ainda levou novas broncas nos minutos finais do jogo. O atacante pedalou, arriscou dribles ousados para cima dos adversários, e foi recriminado pelo capitão do time, Edu Dracena. O zagueiro cobrou seriedade do jovem em campo.

“O Edu (Dracena) chamou a atenção do Neymar, ele retrucou, e eu fui para cima dele (Neymar) na intenção de dizer que o Edu estava com a razão. E o pênalti não era para ele bater e ponto. Quando ele se sentir bem, e nós acharmos devido, ele volta a bater pênalti”, destacou irritadamente Dorival.

 

 

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host