UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
André Vicente/Folhapress

Tite é apresentado oficialmente como novo técnico do Corinthians

20/10/2010 - 15h19

Tite conta com Ronaldo nos oito jogos que restam e espera carinho da torcida

Bruno Thadeu
Em São Paulo

Tite iniciou oficialmente sua segunda passagem pelo Corinthians nesta quarta-feira, no CT Joaquim Grava, apelando para um discurso de paz em meio à série de sete jogos do time sem vitória. O novo treinador do clube conta com a presença de Ronaldo para os próximos oito jogos.

Questionado sobre o atacante, Tite avisou que fará de tudo para escalar o Fenômeno nas oito rodadas finais. Até agora, o atacante participou de apenas quatro partidas pelo Corinthians no Brasileiro, a última delas no empate sem gols com o Guarani, domingo, quando teve dois gols anulados.

“O Ronaldo tem a capacidade técnica de ser o definidor, sei da sua importância. Vamos trabalhar para que ele esteja inteiro nesses oito jogos. Sabemos que no último terço do gramado ele é diferente”, elogiou.

Contratado para recolocar o Corinthians no topo do Brasileiro, Tite também terá a missão de controlar os ânimos da torcida alvinegra, que externou insatisfação na semana passada diante da série negativa do time no Brasileiro.

Sobre a pressão da torcida, recorreu a sua boa relação com os corintianos no passado para convocar todos, usando discurso populista.

“Não me sinto bem em ver o torcedor corintiano triste. Não é demagogia. Saber que o torcedor corintiano vai passar o fim de semana mais feliz com uma vitória me motiva. Isso me seduz. Eu gosto de trabalhar com jogadores que estão felizes, isso é fundamental”.

Sobre as comparações com Mano e Adilson, os outros dois treinadores do Corinthians neste ano (além do interino Fabio Carille), Tite fugiu da fama defensiva que foi atribuída a Mano e, na sequência, da fama mais ofensiva destinada a Adilson.

“Profissionalmente respeito o Mano e o Adilson, então não vou colocar opinião [sobre eles]. O Adilson enfrentou uma série de problemas físicos e clínicos, eu também sei como isso é difícil. O mais importante agora é retomar a reação da equipe. A ideia do Tite é ter um futebol equilibrado, com consistência defensiva e ofensiva”, argumentou.

Tite estreia à frente do Corinthians neste domingo, às 16h, no clássico diante do Palmeiras, no Pacaembu.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host