UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
01/12/2010 - 09h46

Campeão em 1984, Duílio elogia Gum e vê futuro para o zagueiro no Flu

Bernardo Feital e Marlos Bittencourt
No Rio de Janeiro
  • Gum, que chegou ao Fluminense em 2009, ganhou aos poucos a confiança da torcida do Fluminense

    Gum, que chegou ao Fluminense em 2009, ganhou aos poucos a confiança da torcida do Fluminense

Um dos “xerifes” da zaga tricolor no título de 1984, Duílio não cansou de tecer elogios a Gum. Segundo o ex-jogador, o camisa 3 do Fluminense tem potencial para virar um dos ídolos da nova geração do Tricolor. Entretanto, perguntado se o “guerreiro” tem alguma semelhança com ele ou Ricardo Gomes, seu companheiro no setor defensivo à época, Duílio tentou ser diplomático.

“Entre Ricardo Gomes eu, ele está mais para Gum. Não dá para fazer comparações porque são 26 anos de diferença. Mas este time é muito bom e vai ser campeão. Gum é um guerreiro e vai fazer história do Fluminense. Tem tudo para virar ídolo do clube. É um zagueiro que joga com raça e tem boa visão de jogo, além de ser um cara de grupo”, afirmou.

Junto com Leandro Euzébio, Gum, apesar de algumas falhas do sistema defensivo, vem dando conta do recado. O zagueiro agradeceu os elogios de Duílio, mas só tem foco para o Guarani, adversário deste domingo, às 17h (horário de Brasília), no Engenhão, pela 38ª e última rodada do Campeonato Brasileiro.

O FLUMINENSE NO TWITTER

“O Fluminense vem lutando pelas primeiras colocações há muito tempo e merece o título brasileiro. Faremos contra o Guarani o melhor possível para dar o título aos torcedores. Estamos conscientes das dificuldades e não podemos relaxar”, salientou, acrescentando.

“O Guarani, por já estar rebaixado, não tem nada a perder e os jogadores deles vão fazer tudo o que puderem para nos complicar. Eles estão querendo assinar contrato com outros clubes”, encerrou.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host