! Muricy desconfia que Andrés 'plantou' Dagoberto no Santos para desestabilizar SP - Futebol - $estacao.titulo

UOL futebol

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/campeonatos/brasileiro/serie-a/ultimas-noticias/2011/09/23/muricy-desconfia-que-andres-plantou-dagoberto-no-santos-para-desestabilizar-sp.htm
  • Muricy desconfia que Andrés 'plantou' Dagoberto no Santos para desestabilizar SP
  • 23/09/2017
  • UOL Esporte - Futebol
  • @UOLEsporte #UOL
  • 2
Tamanho da letra
23/09/2011 - 18h06

Muricy desconfia que Andrés 'plantou' Dagoberto no Santos para desestabilizar SP

João Henrique Marques
Em Santos (SP)
  • "Andrés criou uma situação ruim, pois o São Paulo está disputando o título. Ele pode querer tirar esse foco", disse Muricy

    "Andrés criou uma situação ruim, pois o São Paulo está disputando o título. Ele pode querer tirar esse foco", disse Muricy

Muricy Ramalho desconfia que o boato lançado pelo presidente do Corinthians, Andrés Sanches, dando conta do acerto de Dagoberto com o Santos para 2012 foi notícia plantada tendo como foco desestabilizar o São Paulo. O treinador santista garante que o clube em que trabalha não tem nada acertado com o atacante são paulino.   

“Não sei de onde ele (Andrés Sanchez) tirou isso, não tem nada conversado. Ele criou uma situação ruim, pois o São Paulo está disputando o título. Ele pode querer tirar esse foco. Mas essas coisas não mexem em times grandes como o São Paulo. O Dagoberto tem contrato com o São Paulo e com certeza vai cumprir”, disse Muricy.

O vínculo de Dagoberto com o São Paulo termina no dia 18 de abril do próximo ano. Desta forma, conforme determina a lei, um pré-contrato só poderia ser assinado a partir de seis meses antes encerramento. Qualquer documento só será válido a partir de 18 de outubro.

“O Dagoberto assinou com o Santos. Já está assinado com o Santos”, disse Andrés logo após o clássico entre Corinthians e São Paulo no Morumbi esta semana.

“São só 300 pau por mês, mais 2 milhões de luvas. Tranquilo, o Santos está rico.”, complementou pouco depois em entrevista à rádio Bandeirantes.