Topo

Esporte


Marquinhos revida drible 'abusado' de Jonas e dispara: "Nunca ganhou nada"

Edu Andrade/Agência Freelancer
Marquinhos agrediu Jonas propositalmente após drible polêmico e disparou contra adversário Imagem: Edu Andrade/Agência Freelancer

Do UOL Esporte

Em Porto Alegre

2011-10-08T20:29:58

08/10/2011 20h29

O meia Marquinhos, do Grêmio, acertou Jonas propositalmente na partida vencida pelo Coritiba, neste sábado, no estádio Couto Pereira. O lateral-direito do Coritiba tentou driblar o gremista, que esperava a paralisação do jogo por ter um atleta lesionado. Com as mãos, Marquinhos barrou a jogada e depois da partida disparou contra o rival. Segundo o atleta do Grêmio, Jonas "se acha muita coisa e nunca conquistou nada".

Irritado, Marquinhos fugiu do politicamente correto após o jogo. O lance, mesmo na frente do auxiliar e próximo do árbitro, não foi considerado falta pois a partida seria parada para o atendimento de Davi. Nem o cartão amarelo foi mostrado para o gremista.

Com a bola no ar, Jonas tentou um driblar Marquinhos, que irritado o acertou com as mãos no rosto. Não chegou a ser um soco, mas a agressão ficou evidente e não foi negada pelo meia gremista depois da derrota por 2 a 0.

"Tem que avisar o Jonas que ele nunca ganhou nada na carreira dele. Avisa lá, vai. Ele acha que ganhou a Copa do Brasil, mas o Vasco veio aqui e ele não levou o título", disse Marquinhos para os repórteres na beira do campo do estádio Couto Pereira. "Jogador brasileiro é muito 'malandro'. Sei que peguei um pouco pesado. Mas o jogador dele [Coritiba] estava caído, o jogo seria parado, pedi para colocar a bola para fora. Ele veio e tentou me dar um chapéu. Eu o acertei com as mãos", acrescentou.

O lance remete ao feito por Neymar no Campeonato Paulista, quando deu um chapéu em Chicão com a partida parada. O santista repetiu a dose contra Marcinho Guerreiro, do Avaí, em jogo do Brasileirão. Neste caso, a bola não estava parada ainda, mas os jogadores do Coritiba pediam para ela ser colocada para fora.

"Conheço o Jonas desde Ribeirão Preto, quando ele jogava lá. Tem que ter cuidado. É por isso que nunca ganhou nada na carreira. Ele pensa que é muita coisa. Joguei contra ele ano passado, e o que fez quando tomou uma goleada? Nada", falou Marquinhos.

Como não foi punido pelo árbitro, Marquinhos pode ser denunciado pelo STJD, já que imagens da televisão mostram claramente o lance. "Na verdade ele que veio para cima da minha mão. Eu estava de costas. Ele está errado. Não tenho medo de nada", finalizou o gremista.

Com a vitória por 2 a 0, o Coritiba se aproximou da linha de classificação para Libertadores. Já o Grêmio marcou passo e não atingiu quatro vitórias seguidas. O time tricolor retorna para Porto Alegre ainda neste sábado e retoma atividades na segunda-feira.

Mais Esporte