! Interino pede tempo para levantar Santos e sugere apenas 'reforços de peso' - Futebol - $estacao.titulo

UOL futebol

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/campeonatos/brasileiro/serie-a/ultimas-noticias/2013/06/06/interino-pede-tempo-para-levantar-santos-e-sugere-apenas-reforcos-de-peso.htm
  • Interino pede tempo para levantar Santos e sugere apenas 'reforços de peso'
  • 20/08/2017
  • UOL Esporte - Futebol
  • @UOLEsporte @UOL
  • 2
Tamanho da letra
Claudinei Oliveira comandou o Santos em dois jogos e conquistou um ponto

Claudinei Oliveira comandou o Santos em dois jogos e conquistou um ponto

06/06/2013 - 19h08

Interino pede tempo para levantar Santos e sugere apenas 'reforços de peso'

Samir Carvalho
Do UOL, em Santos (SP)

Apesar de comandar o Santos em apenas dois jogos, o técnico interino, Claudinei Oliveira, demonstra personalidade ao projetar o futuro do time para a sequência da temporada. O treinador enfatizou que o clube preciso de tempo para superar a superar a transferência de Neymar para o Barcelona, da Espanha, e também sugeriu que a diretoria priorize contratações de “jogadores de peso”.

"Ainda não tivemos reuniões para falar de contratações, mas acho que o nosso elenco é bom. Pode precisar de uma contratação pontual ou outra, mas só se for com peso de titular. Não acho ser o caso de trazer alguém só para compor elenco. Já temos um bom número de jogadores por posição. Se não vierem (reforços), capacitamos a equipe que temos para jogar o melhor possível. Mas acredito que, com o tempo, teremos uma evolução grande”, afirmou Claudinei, que requer tempo para recuperar o time.

"Não digo a longo prazo (a nossa recuperação), mas requer tempo. O Santos, como time grande que é, não pode perder, tem sempre que conseguir o resultado positivo, mas demanda tempo. No jogo contra o Grêmio comentei que evoluímos, todos elogiaram, mas assumi que não tinha méritos porque trabalhei pouco tempo. Preciso de mais tempo para trabalhar com os jogadores", completou.

Claudinei comandou o Santos no empate contra o Grêmio por 1 a 1, no último sábado, na Vila Belmiro, e também na derrota para o Criciúma por 3 a 1, na última quarta-feira, em Santa Catarina. Antes de assumir o time no lugar de Muricy Ramalho, demitido, a equipe santista havia empatado com o Flamengo sem gols e perdido para o Botafogo por 2 a 1.

Desta forma, o Santos ainda não venceu no Brasileirão, soma apenas dois pontos, e figura na zona do rebaixamento, na 18ª colocação.

O treinador, que comandava o time sub 20 do Santos, tem aposta nas categorias de base para reforçar a equipe. Contra o Criciúma, por exemplo, Claudinei utilizou seis jogadores formados no clube. Além do goleiro Rafael, já consolidado na equipe principal desde 2010, o treinador apostou em Felipe Anderson e Neilton como titulares, e Leandrinho, Pedro Castro e Gabriel, que entraram no segundo tempo.