Botafogo vence Criciúma, aproveita tropeço do Goiás e termina BR no G4

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

O Botafogo precisava vencer o Criciúma e torcer para o tropeço de Goiás ou Atlético-PR para voltar a Libertadores após 18 anos. E foi o que aconteceu neste domingo, no Maracanã. O Alvinegro fez 3 a 0, com gols de Lodeiro, Elias e Seedorf, e contou com a derrota do Esmeraldino para o Santos, no Serra Dourada, para encerrar o Campeonato Brasileiro dentro do G4.  Agora, o time de General Severiano seca a Ponte Preta, na final da Sul-americana para voltar à competição internacional.

Com os resultados, o Botafogo chegou a 61 pontos e ultrapassou o Goiás, com 59. O Vitória também triunfou e se manteve com a mesma pontuação do Alvinegro, mas com saldo de gols inferior.

Em dia de homenagem a Nilton Santos, o Botafogo partiu para cima do Criciúma no embalo de sua torcida, que compareceu em bom número ao Maracanã. A pressão era tão grande que o gol parecia questão de tempo. E foi. Lodeiro cobrou falta pelo lado direito de ataque. Em vez de colocar na área, ele bateu direto e surpreendeu o goleiro Galatto: 1 a 0. Neste momento, o Alvinegro recuperava a vaga no G4, já que o Santos vencia o Goiás, no Serra Dourada.

Após o gol, o Criciúma se lançou ao ataque e quase empatou com João Vitor em chute violento da entrada da área defendido por Jefferson. Com a vantagem, o Botafogo estava mais tranquilo em campo, o que deixou a partida bastante equilibrada. Mesmo assim, Seedorf perdeu grande oportunidade ao chutar para fora de dentro da área.

A emoção só voltou a aparecer aos 35min. Edílson chutou da entrada de área e Galatto espalmou na cabeça de Elias, que fez o segundo do Botafogo. A arbitragem, no entanto, flagrou impedimento do atacante e invalidou o lance. A comemoração mesmo veio quando o torcedores alvinegros escutaram via rádio que o Santos marcou o segundo diante do Goiás, no Serra Dourada.

As duas equipes voltaram para o intervalo sem mudanças. E o Botafogo permaneceu em cima em busca do segundo gol. Em um rápido contra-ataque, Lodeiro foi derrubado por João Vitor, que já tinha amarelo. O volante do Criciúma foi advertido novamente e deixou o campo mais cedo. A partir da expulsão, a partida virou ataque contra defesa.

Edílson carimbou o travessão e Julio Cesar levou perigo em chute cruzado. O segundo estava maduro. Elias balançou a rede pela segunda vez na partida, mas novamente estava impedido e teve lance invalidado. Mas de tanto insistir o camisa 39 conseguiu. Dória chutou forte para defesa de Galato. No rebote, o atacante fez o gol do alívio: 2 a 0, aos 22min da etapa final.

Neste momento, a festa já havia tomado conta do Maracanã, ainda que os torcedores estivessem com a atenção no Serra Dourada, onde o Santos ia vencendo o Goiás por 2 a 0. E a torcida explodiu novamente ao saber que os paulistas ampliaram para 3 a 0, praticamente decretando a quarta colocação para o Botafogo. Ainda teve tempo de Seedorf deixar sua marca, após cruzamento de Julio Cesar: 3 a 1.

Festa no Maracanã com sentimento de missão cumprida. Porém, a vaga na Libertadores só será certeza se a Ponte Preta não vencer a Sul-Americana. A decisão só ocorrerá na quarta-feira, em Buenos Aires. O 'milagre' foi resumido nas lágrimas de Seedorf ao ser substituído.

BOTAFOGO 3 X 0 CRICIÚMA

Data: 08/12/2013 (domingo)
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Paulo Cesar de Oliveira (SP)
Auxiliares: Altemir Hausmann (RS) e Pablo Almeida da Costa (MG)
Renda: R$ 522.105,00
Público: 28.340 / 34.354
Cartões amarelos:  Ewerton Páscoa, João Vitor e Serginho (CRI) Rafael Marques (BOT)
Cartão vermelho: João Vitor (CRI)
Gols: Lodeiro, aos 9min do primeiro tempo, e Elias, aos 22min, e Seedorf, aos 41min do segundo tempo.

BOTAFOGO
Jefferson; Edílson, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Gabriel, Renato, Seedorf (Hyuri), Lodeiro, Rafael Marques (Lima); Elias (Bruno Mendes)
Técnico: Oswaldo de Oliveira

CRICIÚMA
Galatto; Sueliton, Ewerton Páscoa, Matheus Ferraz e Marlon; Serginho (Luizinho Mello), Bruno Renan, João Vitor e Ricardinho; Lins e Wellington Paulista (Douglas)
Técnico: Argel Fucks

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos