Reservas dão conta, Grêmio faz 2 a 1 no Galo e volta a vencer após 3 jogos

Carmelito Bifano

Do UOL, em Porto Alegre

O time reserva do Grêmio venceu o Atlético-MG, por 2 a 1, na noite deste domingo, na Arena, no jogo que marcou a estreia do técnico Levir Culpi no clube mineiro. O resultado acaba com a sequência de três jogos sem vitórias dos comandados de Enderson Moreira e faz os gaúchos somarem os primeiros três pontos no Brasileiro. Já os mineiros seguem com apenas um.

Alán Ruiz e Lucas Coelho marcaram para o tricolor gaúcho no primeiro tempo. Fernandinho descontou para o Atlético Mineiro. O Grêmio optou por preservar os titulares para o jogo decisivo contra o San Lorenzo, pela Libertadores, na próxima quarta-feira. Culpi optou pelos titulares para testar a equipe para a decisão contra o Atlético Nacional-COL, na quinta-feira.

Atuando com os reservas, o Grêmio entrou com toda a disposição para vencer a primeira no Brasileirão e lutava por todas as bolas como se tivesse em uma decisão de título. A vontade rapidamente se transformou em oportunidades. Logo há dois minutos, Alán Ruiz fez excelente lançamento da direita para a esquerda, no pé de Luan. O meia arrumou a bola e chutou no ângulo direito, Victor saltou e espalmou pela linha de fundo.

Um minuto depois foi à vez de Rodriguinho arriscar da intermediária para fácil defesa do goleiro do clube mineiro. Aos oito, Moisés arrematou forte, da entrada da grande área, e a bola passou próximo ao poste esquerdo do Atlético-MG. Dois minutos depois, Alán Ruiz abriu o placar cobrando falta no canto inferior direito de Victor. O goleiro saltou, mas chegou tarde na bola e não conseguiu impedir a abertura de placar. Grêmio 1 a 0.

Mesmo atuando com o que tinha de melhor à disposição, o Atlético buscava as laterais para tentar furar o bloqueio defensivo do Grêmio. Porém, apresentava lentidão na armação das jogadas e, consequentemente, dificuldades para criar oportunidades claras de gols. Aos 21, Alex Silva recuou errado para Victor e Lucas Coelho aproveitou a falha para ampliar. O centroavante deu um toque pelo lado direito do goleiro, passou pelo esquerdo e chutou para o fundo das redes sem marcação. Grêmio 2 a 0.

A primeira oportunidade dos mineiros ocorreu aos 26 minutos em cobrança de falta de Ronaldinho Gaúcho pela esquerda de ataque. O meia bateu colocado no lado direito de Marcelo Grohe e obrigou o goleiro a saltar para evitar o gol. O lance chegou a provocar reclamação dos atleticanos que entenderam que a bola passou a linha. Porém, a arbitragem entendeu diferente e mandou o jogo seguir.

Com o segundo gol, o Grêmio passou a esperar no campo defensivo o Atlético, que cresceu no jogo. Mesmo assim, sem criar chances claras de gol. Aos 38, Fernandinho recebeu lançamento dentro da grande área, pelo lado direito de ataque, mas chutou desviado, sem perigo para o goleiro gremista.

"É um time muito perigoso. Apesar do resultado adverso, eles têm condições de complicar o jogo e buscar a vantagem. Temos que nos manter concentrados para manter o placar", declarou Saimon. "Dois erros nossos. Bola parada bem batida e depois um erro do companheiro. Depois tivemos chances de gols. Temos que procurar não errar mais para empatar ou virar o jogo", afirmou Ronaldinho Gaúcho.

Atrás no placar, o Atlético-MG iniciou pressionando, mas foi o Grêmio que criou a primeira oportunidade. Aos quatro minutos, Breno cruzou da esquerda e Lucas Coelho desviou de cabeça próximo ao poste esquerdo de Victor. Os mineiros seguiram insistindo, porém, sem criar chances claras. Aos 16, Rodriguinho chutou de dentro da área e o goleiro atleticano fez a defesa em dois tempos.

Sem conseguir reagir em campo, Levir Culpi alterou o Atlético-MG aos 21min. Marion substituiu Diego Tardelli. Ronaldinho Gaúcho deixou o gramado sobre vaias dos gremistas para entrada de Guilherme. Cinco minutos depois, Leonardo Donizete arriscou de fora da área e obrigou Marcelo Grohe a fazer a defesa em dois tempos.

Aos 38 minutos, Fernandinho descontou para o Atlético-MG, após escorada de cabeça do centroavante Jô. Sete minutos depois, Marcelo Grohe garantiu o resultado ao fazer excelente defesa após cabeçada de Alex Silva, de dentro da grande área. Os mineiros insistiram até o final, mas não conseguiram alterar o placar.

Os dois clubes voltam as suas atenções para os jogos de volta das oitavas de final da Libertadores. Ambos precisam vencer com dois gols de diferença. Na quarta-feira, às 22h, o Grêmio enfrenta o San Lorenzo-ARG, na Arena, às 22h. Na quinta-feira, às 19h15, o Atlético recebe o Atlético Nacional-COL, no estádio Independência.

Pelo Brasileiro, no próximo domingo, os gaúchos enfrentam o Santos, às 18h30, no Pacaembu. No mesmo dia e horário, os mineiros recebem o Goiás, no Independência.

GRÊMIO 2 X 1 ATLÉTICO-MG

GRÊMIO
Marcelo Grohe; Moises, Saimon, Bressan e Breno; Ramiro, Matheus Biteco, Alán Ruiz e Rodriguinho (Walace); Luan (Everton) e Lucas Coelho.
Técnico: Enderson Moreira.

ATLÉTICO-MG
Victor; Alex Silva, Otamendi, Leonardo Silva e Emerson Conceição; Pierre, Leandro Donizete (André) e Ronaldinho Gaúcho (Guilherme); Diego Tardelli (Marion), Fernandinho e Jô.
Técnico: Levir Culpi.

Data: 27/04/2014 (Domingo)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Auxiliares: Kleber Lucio Gil e Neuza Ines Back (SC)

Público: 10.968 (9.245)
Renda: R$ 274.344,00
Cartões amarelos: Alán Ruiz, Rodriguinho, Bressan (GRE) e Otamendi, Leonardo Silva (AMG)
Cartões vermelhos: Bressan (GRE)
Gols: Alán Ruiz, aos 10 minutos do 1º tempo; Lucas Coelho, aos 21 minutos do 1º tempo; Fernandinho, aos 38 minutos do segundo tempo

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos