Com 'camisa do México', Sport derrota a Chapecoense e comprova boa fase

Do UOL, em São Paulo

Definitivamente, o Sport vive um excelente momento na temporada. Apenas quatro dias após conquistar o Pernambucano, seu segundo título no ano --antes, Copa do Nordeste--, a equipe treinada por Eduardo Baptista derrotou a Chapecoense por 2 a 1, neste domingo, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

O time, aliás, atuou com uma camisa verde e que lembrava a seleção do México. A ação do departamento de marketing do clube e de sua fornecedora de material esportivo, que vão homenagear as seleções que irão atuar no Pernambuco durante a Copa do Mundo.

Desta forma, o clube pernambucano chega aos quatro pontos, enquanto a Chapecoense, que voltou a disputar a principal competição do futebol nacional após 35 anos, tem apenas um ponto. O Sport estava empolgado com a recente conquista. E começou melhor Adotou uma postura ofensiva e acabou sendo premiado.

Logo aos 11min, Rithely, que não foi negociado com o Internacional, aproveitou rebote do goleiro Danilo e abriu o placar para o Sport. No entanto, a Chapecoense não se incomodou e demonstrou tranquilidade. Aos poucos, conseguiu chegar ao ataque e igualou o marcador. Aos 36min, Ricardo Conceição deixou tudo igual.

Mas teve pouco tempo para comemorar. No lance seguinte, Ananias acertou belo chute e colocou novamente o Sport em vantagem. Para o segundo tempo, o time da casa até tinha mais posse de bola e chegava com mais facilidade ao ataque.

Já a Chapecoense criava pouco. Mas teve uma das melhores oportunidades da etapa final. Aos 24min, Wanderson cobrou uma bela. Magrão apenas 'torceu' e viu a bola passar rente à trave. Os catarinenses insistiram, mas não evitaram o primeiro revés na Série A.

SPORT 2 X 1 CHAPECOENSE

Local: Ilha do Retiro, em Recife (PE)

Data: 27/04/2014 (domingo)

Horário: 18h30

Árbitro: Francisco de Assis Almeida Filho (CE)

Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (Fifa-SE) e Rogério de Oliveira Braga (PI) 

Cartões amarelos: Rafael Lima (Chapecoense); Danilo (Sport)

Gols: Rithely, aos 11min, Ricardo Conceição, aos 36min, e Ananias, aos 37min do primeiro tempo

Sport

Magrão; Patric, Ferron, Durval e Renê; Rodrigo Mancha, Rithely, Aílton (Érico Junior) e Renan Oliveira (Danilo); Ananias (Felipe Azevedo) e Neto Baiano

Técnico: Eduardo Baptista

Chapecoense

Danilo; Ednei, Rafael Lima, André Paulino e Rodrigo Biro; Wanderson, Diones (Bruno Collaço), Ricardo Conceição e Régis; Bergson (Fabinho Alves) e Leandro.

Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos