Topo

Esporte


Corinthians perde para lanterna e torcida sofre em estreia no Itaquerão

Adriano Wilkson

Do UOL, em São Paulo

2014-05-18T17:55:59

18/05/2014 17h55

Era pra ser só alegria, mas o primeiro jogo do Corinthians em seu novo estádio foi um sofrimento sem fim. Empurrado pelo grito de mais de 40 mil torcedores, um time bagunçado conseguiu o que parecia impossível: perder por 1 a 0 para o Figueirense, então lanterna do Campeonato Brasileiro.

O futebol pode também ser irônico, e coube ao time catarinense, que ainda não havia marcado nem sequer um gol no torneio, fazer o primeiro do Itaquerão e entrar para a história do estádio que o Corinthians já vinha tentando construir há mais de 30 anos.

O meia Giovani Augusto, paraense, 24 anos, camisa 10, aproveitou um apagão na defesa adversária, completou um cruzamento da direita e calou pela primeira vez a arena corintiana no começo do segundo tempo: 1 a 0.

Antes do gol, o Corinthians havia sido um time sonolento, sem inspiração, que tinha dificuldade para finalizar contra a meta adversária. Depois do gol, a equipe mostrou pressa e, com o tempo, desespero.

Fabio Santos tentava tabelar e escapar correndo paralelo à linha lateral, mas seus cruzamentos não ameaçavam. Paolo Guerrero tentava atuar como pivô, mas não se livrava do jogo de corpo dos zagueiros e se irritava. Romarinho, que havia saído do banco e ainda sentia dores, foi o primeiro a tentar driblar para escapar da forte marcação catarinense.

Pelo meio, pelos lados, pelo alto, de fora da área, o Corinthians procurava furar a defesa de todos os jeitos, mas pouco conseguia assustar. A torcida, que no primeiro tempo tinha sido só apoio, começou a pressionar, xingar, explodir em impaciência.

Se os paulistas não conseguiam impor uma pressão efetiva, os catarinenses levavam algum perigo nos contra-ataques. No balanço final de chances de gol, o saldo é que o Figueirense esteve até mais próximo do segundo tento no Itaquerão do que o Corinthians de empatar.

E, de fato, os visitantes até balançaram as redes após abrirem o placar com Everton Santos, mas o juiz anulou o 2 a 0 por impedimento.

O jogo chegava ao fim, o Corinthians ia para cima de forma atabalhoada, e a torcida prendia a respiração nos contra-ataques do Figueirense.

Mas chegaram os 45 minutos, os acréscimos do árbitro, e escreveu-se nos livros de História que o primeiro jogo do Itaquerão foi mesmo uma derrota do Corinthians.

Neste domingo histórico, algumas coisas eram novidade para o torcedor que nunca teve um estádio do porte do Itaquerão para chamar de seu. Mas o corintiano também sentiu aquilo com que ele mais está acostumado em 103 anos de história: sofrimento.

Ficha Técnica: Corinthians 0 x 1 Figueirense
Local: Itaquerão, em São Paulo (SP)
Data: 18 de maio de 2014, domingo
Horário: 16h (horário de Brasília)
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)
Assistentes: Alessandro Rocha de Matos (BA) e Adson Marcio Lopes Leal (BA)
Público pagante: 36.123
Renda: R$ 3.029.801,70

Corinthians: Cássio, Fagner (Danilo), Cleber, Gil e Fábio Santos; Ralf, Guilherme, Renato Augusto e Jadson (Paulinho); Luciano (Romarinho) e Guerrero.
Técnico: Mano Menezes

Figueirense: Tiago Volpi; Leandro Silva, Marquinhos, Thiago Heleno e Guilherme Lazaroni; Paulo Roberto, Luan, Rivaldo (Jeferson) e Giovanni Augusto (Dudu); Everton Santos e Ricardo Bueno (Jonatan)
Técnico: Guto Ferreira
 

Mais Esporte