Capitão do Grêmio desabafa e revela agressão da torcida em lateral

Do UOL, em Porto Alegre

  • Marinho Saldanha/UOL

    Matías Rodríguez levou soco de torcedor e pediu para rescindir contrato com Grêmio

    Matías Rodríguez levou soco de torcedor e pediu para rescindir contrato com Grêmio

Logo depois da primeira vitória do Grêmio no Campeonato Brasileiro, Rhodolfo fez uma espécie de desabafo no gramado da Arena. Minutos depois do triunfo de 1 a 0 em cima do Figueirense, neste sábado (23), o capitão do time revelou que Matías Rodríguez foi agredido por torcedores em um dos episódios do cenário conturbado do clube nos últimos dias.

"A gente sabe que a torcida está irritada, tem todo o direito de estar assim, poderia ter acontecido com qualquer um, até mesmo comigo. A gente lamentou por ter sido com um companheiro", disse Rhodolfo à Rádio Gaúcha.

O episódio ocorreu no retorno da delegação após o jogo com o Coritiba, no final de semana passado. Matías Rodríguez recebeu um soco nas costas. No dia seguinte, o lateral argentino procurou os dirigentes e pediu para que o contrato de empréstimo – que se encerrava em junho e não seria renovado, fosse rescindido ali. A diretoria topou, mas não revelou em momento algum o caso.

"A gente não vinha de boas partidas, jogamos mal nos dois últimos jogos, mas acontece. Ainda bem que está só no começo. Temos que fazer como agora, todo mundo se doando e se ajudando. O nosso time correu bastante e mereceu", comentou Rhodolfo depois.

Após a derrota no Paraná, além da agressão ao jogador que estava cedido pelo Sampdoria, Luiz Felipe Scolari entregou o comando do time. Antes da postura de Felipão, a diretoria havia se reunido e decidido demitir o técnico.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos