Atlético-PR derrota o SP, que chega ao terceiro jogo seguido sem vitória

Do UOL, em São Paulo

O tabu continua: o São Paulo segue sem vencer o Atlético-PR na Arena da Baixada. Nesta quarta-feira, o time paulista perdeu por 2 a 1 e chegou ao terceiro jogo seguido sem vitória no Campeonato Brasileiro. Gustavo, ainda no primeiro tempo, e Marcos Guilherme, na etapa final, marcaram os gols a equipe da casa. Centurión descontou para o São Paulo.

O time paulista, que perdeu para o Palmeiras no último domingo, fez um primeiro tempo equilibrado contra o Atlético-PR e quase conseguiu abrir o placar com Ganso. No lance, o zagueiro Gustavo salvou a bola em cima da linha. Na etapa final, o Atlético, apoiado pelo torcedor, foi melhor e perdeu muitas chances de gol. Com 2 a 0, ainda viu o adversário diminuir o placar e crescer no jogo.

A equipe tricolor não pôde contar com Juan Carlos Osorio na partida. Sem o treinador à beira do campo, Milton Cruz comandou o time. Com muitos problemas para escalar os 11 titulares para a partida, o São Paulo ainda perdeu o volante Souza, que foi negociado com o Fenerbahce, da Turquia. Dória, cujo contrato acabou nesta terça, também não entrou em campo. Com isso, o São Paulo atuou com Lucão e Edson Silva na zaga. Durante a partida, o zagueiro Lyanco e o lateral esquerdo Matheus Reis, jogadores da base, também entraram em campo durante o jogo.

O São Paulo nunca venceu o Atlético-PR na Arena da Baixada, estádio construído em 1999. Em 14 jogos, o time da casa venceu dez e empatou outros quatro. Com a vitória, a equipe paranaense entrou no G4 do Brasileirão -- com 19 pontos, ocupa o quarto lugar. O São Paulo, por sua vez, caiu para a sexta posição. Com 16 pontos, o time pode ser ultrapassado por Corinthians ou Ponte Preta (os times se enfrentam nesta quinta-feira).

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR 2 x 1 SÃO PAULO


Data: 01/07/2015 (DOMINGO)
Horário: 22H (de Brasília)
Competição: Campeonato Brasileiro (10ª rodada)
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Eduardo Goncalves da Cruz (MS)
Cartões amarelos: Ytalo e Nikão (Atlético-PR) e Lucão (São Paulo)
Gols: Gustavo, aos 35 minutos do primeiro tempo; e Marcos Guilherme, aos 13; e Centurión, aos 27 minutos do segundo tempo.


ATLÉTICO-PR: Weverton, Eduardo, Gustavo, Kadu e Natanael; Otávio, Hernani e Marcos Guilherme (Giovanni); Nikão, Ytalo (Jadson) e Walter (Douglas Coutinho). Técnico: Milton Mendes

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Bruno (Lyanco), Edson Silva, Lucão e Carlinhos; Thiago Mendes, Michel Bastos, Wesley, Ganso e Jonathan Cafu (Centurión); Alexandre Pato (Matheus Reis). Técnico: Juan Carlos Osorio

Como foi o jogo

  • Primeiro tempoA primeira chegada do Atlético-PR se deu aos quatro minutos, após um lançamento em profundidade para a área. Rogério Ceni saiu do gol e fez a defesa. Aos 12, Ganso tocou por cima para Pato na pequena área. Weverton chegou antes e conseguiu ficar na bola. A resposta do Atlético-PR veio no lance seguinte. Ytalo pegou a sobra na entrada da área e bateu forte no ângulo. Rogério se esticou e jogou para escanteio. Na sequência, Pato escapou pela esquerda e chutou colocado para fora, com perigo. Aos 19, Ganso tocou ara Michel Bastos na área, que finalizou para fora. Em seguida, Eduardo cruzou para a cabeçada de Hernani para fora. Aos 26 minutos, o São Paulo quase abriu o placar: Pato abriu o jogo para Ganso, que bateu por baixo do goleiro. O zagueiro Gustavo, porém, salvou em cima da linha. Além de evitar o gol do adversário, Gustavo fez o primeiro do Atlético-PR: Nikão cruzou para o zagueiro marcar de cabeça.
  • Segundo tempoAos cinco minutos, Nikão encarou a marcação de Bruno, passou pelo lateral e bateu com perigo por cima do gol. Três minutos depois, Ytalo recebeu na entrada da área, tentou concluir, mas acabou desarmado por Lucão. Aos 13 minutos, o time da casa ampliou: Walter recebeu nas costas de Carlinhos e cruzou para Marcos Guilherme tocar de leve para o fundo do gol. Aos 15, Otávio arriscou e fora da área e mandou por cima do gol. Cinco minutos depois, o time da casa quase fez o terceiro. Natanael girou na meia-lua e obrigou Rogério a fazer grande defesa. No rebote, Ytalo bateu por cima do gol. Aos 23, Marcos Guilherme arriscou de fora da área. O goleiro são-paulino, porém, evitou novamente o gol do Atlético-PR. Mesmo pressionado, o São Paulo conseguiu diminuir. Centurión contou com o erro de Weverton, driblou o goleiro e marcou o gol.

Destaques

  • Tricolor remendadoJuan Carlos Osorio teve muitas dificuldades para escalar o time do São Paulo. Sem poder contar com Dória e Toloi, o colombiano teve de escalar Lucão e Edson Silva na zaga. Hudson, suspenso, e Souza, vendido ao Fenerbahce, também não entraram em campo. No ataque, Luis Fabiano ficou fora.
  • Tabu mantidoO São Paulo não vence o Atlético-PR em Curitiba desde 1982, em um total de 22 jogos (12 derrotas e dez empates). Na Arena da Baixada, inaugurada em 1999, 14 partidas foram disputadas, com dez derrotas e quatro empates.

Melhores

  • Gustavo, Atlético-PRO zagueiro conseguiu, em menos de nove minutos, salvar um gol do São Paulo e abrir o placar para o time da casa. Gustavo evitou um gol de Ganso e fez de cabeça após cobrança de falta de Nikão.

Piores

  • Edson Silva, São PauloO erro na linha de impedimento do São Paulo deu condição para o Atlético-PR abrir o placar. No lance, Edson Silva demorou para sair e viu Gustavo, sem a marcação de Lucão, abrir o placar.
  • Weverton, Atlético-PRO goleiro falhou na saída de bola no gol do São Paulo e acabou driblado por Centurión. O lance fez o time paulista voltar para a partida após o Atlético-PR abrir 2 a 0 no placar.

Melhores notas

  • Atlético-PR
  • São Paulo
Avaliação
dos usuários
do Placar UOL
1
8,8
Walter
1
7,0
Centurión
 
1
8,5
Ytalo
8
7,0
Lyanco

Próximos Jogos - Atlético-PR

  1. Bahia BAH
    Atlético-PR CAP
  2. Atlético-PR CAP
    Botafogo BOT
  3. Atlético-PR CAP
    Bahia BAH
  4. Internacional INT
    Atlético-PR CAP
  5. Atlético-PR CAP
    Cruzeiro CRU

Próximos Jogos - São Paulo

  1. Vitória VIT
    São Paulo SPA
  2. São Paulo SPA
    Flamengo FLA
  3. Corinthians COR
    São Paulo SPA
  4. São Paulo SPA
    Grêmio GRE
  5. São Paulo SPA
    Cruzeiro CRU

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos