Sport não consegue passar pelo Cruzeiro, mas se mantém no G-4

Do UOL, em Recife

Fechando a 16ª rodada do Brasileirão, o Sport recebeu o Cruzeiro na Arena Pernambuco em um jogo muito equilibrado em São Lourenço da Mata. Em dois tempos bastante movimentados, as equipes fizeram uma partida muito igual, buscando o gol a todo tempo. O maior momento do futebol, no entanto, não veio em momento algum. Placar final, 0 a 0.

Pressionado por conta dos maus resultados, Vanderlei Luxemburgo mexeu no time pela 12ª vez em seu 12º jogo pelo Cruzeiro. Desta vez, o treinador foi um pouco mais além, abandonando o já tradicional 4-2-3-1 para apostar em uma nova formação com três volantes e o trio de atacantes. No Sport, Diego Souza, Marlone e André eram algumas das caras conhecidas no futebol mineiro, mas a maior expectativa era pela estreia de Hernane Brocador, que começou o jogo no banco, mas entrou no segundo tempo.

Com o resultado, o Leão da Ilha perdeu a chance de alcançar o terceiro lugar, mas alcançou a quarta posição, agora com 29 pontos. O Cruzeiro permanece em 14º, com 18. Na próxima rodada, o Sport visita o Atlético-PR, às 11h do sábado, enquanto o Cruzeiro recebe o Palmeiras, no mesmo dia, às 16h.

SPORT 0x0 CRUZEIRO

Motivo: 16ª rodada, Brasileirão 2015
Local: Arena Pernambuco
Data/Hora: 02/08/2015, às 18h30
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Fabrício Vilarinho da Silva (GO)

GOL:  Não teve.
Cartões amarelos: Mayke, Charles (CRU), Renê (SPT)
Cartão vermelho: Não teve.
Público/Renda: 28.019 pagantes/R$751.130,00.

Sport: Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithley e Wendel (Samuel - 32'2ºT); Marlone, Régis (Hernani - 13'2ºT) e Diego Souza (Neto Moura - 33'2ºT); André. Técnico: Eduardo Baptista

Cruzeiro: Fábio; Mayke, Manoel, Paulo André e Mena; Willians, Charles e Henrique; Marinho (De Arrascaeta - 18'2ºT), Alisson (Marquinhos - 21'2ºT) e Vinícius Araújo (Leandro Damião - 31'2ºT). Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Fases do jogo

  • Primeiro tempoO Sport passou mais tempo no campo de ataque, mas o Cruzeiro cumpriu bem as determinações de seu treinador. Enquanto os donos da casa buscavam os avanços pelos lados do campo, os visitantes se fechavam bem pelo meio a espera dos contra golpes em velocidade, mas esbarravam na falta de repertório na hora de atacar. A primeira finalização certa saiu do chute de Alisson, abafado pelo goleiro Danilo Fernandes. A resposta pernambucana saiu na cabeçada de Marlone e um pequeno milagre de Fábio. Equilibrado, os primeiros 45 minutos começaram com bons momentos do Cruzeiro e terminou com um certo domínio do Sport, embora sem grandes emoções.
  • Segundo tempoSem Maikon Leite e Élber como opções para o meio, Eduardo Baptista recorreu ao atacante Hernane Brocador, que fez sua estreia no segundo tempo, para fazer companhia a André. A pressão do Sport aumentou e forçou Luxa a também buscar uma alternativa para atacar mais, promovendo a entrada de Arrascaeta. Com as duas equipes dispostas a marcar, o jogo ganhou muito em emoção, mas com o mesmo panorama da etapa inicial. O Sport esboçava uma pressão, enquanto o Cruzeiro saía com velocidade para tentar matar o jogo, perdendo ótimas oportunidades de marcar. Placar final, 0 a 0.

Para lembrar

  • Força de contratoTitular no time de Eduardo Baptista, o velocista Élber não entrou em campo por força de contrato com o Cruzeiro. Como pertence ao clube mineiro e está apenas emprestado, o jogador não participou do jogo.
  • Tem sorteio na terçaLuxemburgo já deixou claro que o Cruzeiro não irá sonhar alto no Brasileiro e que a prioridade neste fim de ano será a Copa do Brasil. Nesta terça-feira, o sorteio definirá os confrontos e o primeiro adversário celeste na luta pelo pentacampeonato do torneio.
  • Sport segue imbatível em casaApesar do empate, o Sport segue como melhor mandante do Brasileiro. Com o resultado, o Leão alcançou 23 pontos jogando em Recife, seja na Ilha do Retiro ou na Arena Pernambuco. O segundo colocado neste quesito é o Atlético-MG, com 22 pontos.

Melhor

  • HenriqueNo novo esquema de Luxemburgo, Henrique foi um dos responsáveis por defender e atacar com a mesma qualidade. Foi eficiente na marcação e ainda desceu com qualidade ao campo ofensivo.

Próximos Jogos - Sport

  1. Cruzeiro CRU
    Sport SPT
  2. Grêmio GRE
    Sport SPT
  3. Sport SPT
    Avaí AVA
  4. Sport SPT
    Ponte Preta PON
  5. Flamengo FLA
    Sport SPT

Próximos Jogos - Cruzeiro

  1. Cruzeiro CRU
    Sport SPT
  2. Cruzeiro CRU
    Grêmio GRE
  3. Cruzeiro CRU
    Santos SAN
  4. Chapecoense CHA
    Cruzeiro CRU
  5. Cruzeiro CRU
    Bahia BAH

UOL Cursos Online

Todos os cursos