Sport não consegue passar pelo Cruzeiro, mas se mantém no G-4

Do UOL, em Recife

Fechando a 16ª rodada do Brasileirão, o Sport recebeu o Cruzeiro na Arena Pernambuco em um jogo muito equilibrado em São Lourenço da Mata. Em dois tempos bastante movimentados, as equipes fizeram uma partida muito igual, buscando o gol a todo tempo. O maior momento do futebol, no entanto, não veio em momento algum. Placar final, 0 a 0.

Pressionado por conta dos maus resultados, Vanderlei Luxemburgo mexeu no time pela 12ª vez em seu 12º jogo pelo Cruzeiro. Desta vez, o treinador foi um pouco mais além, abandonando o já tradicional 4-2-3-1 para apostar em uma nova formação com três volantes e o trio de atacantes. No Sport, Diego Souza, Marlone e André eram algumas das caras conhecidas no futebol mineiro, mas a maior expectativa era pela estreia de Hernane Brocador, que começou o jogo no banco, mas entrou no segundo tempo.

Com o resultado, o Leão da Ilha perdeu a chance de alcançar o terceiro lugar, mas alcançou a quarta posição, agora com 29 pontos. O Cruzeiro permanece em 14º, com 18. Na próxima rodada, o Sport visita o Atlético-PR, às 11h do sábado, enquanto o Cruzeiro recebe o Palmeiras, no mesmo dia, às 16h.

SPORT 0x0 CRUZEIRO

Motivo: 16ª rodada, Brasileirão 2015
Local: Arena Pernambuco
Data/Hora: 02/08/2015, às 18h30
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Fabrício Vilarinho da Silva (GO)

GOL:  Não teve.
Cartões amarelos: Mayke, Charles (CRU), Renê (SPT)
Cartão vermelho: Não teve.
Público/Renda: 28.019 pagantes/R$751.130,00.

Sport: Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithley e Wendel (Samuel - 32'2ºT); Marlone, Régis (Hernani - 13'2ºT) e Diego Souza (Neto Moura - 33'2ºT); André. Técnico: Eduardo Baptista

Cruzeiro: Fábio; Mayke, Manoel, Paulo André e Mena; Willians, Charles e Henrique; Marinho (De Arrascaeta - 18'2ºT), Alisson (Marquinhos - 21'2ºT) e Vinícius Araújo (Leandro Damião - 31'2ºT). Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Fases do jogo

  • Primeiro tempoO Sport passou mais tempo no campo de ataque, mas o Cruzeiro cumpriu bem as determinações de seu treinador. Enquanto os donos da casa buscavam os avanços pelos lados do campo, os visitantes se fechavam bem pelo meio a espera dos contra golpes em velocidade, mas esbarravam na falta de repertório na hora de atacar. A primeira finalização certa saiu do chute de Alisson, abafado pelo goleiro Danilo Fernandes. A resposta pernambucana saiu na cabeçada de Marlone e um pequeno milagre de Fábio. Equilibrado, os primeiros 45 minutos começaram com bons momentos do Cruzeiro e terminou com um certo domínio do Sport, embora sem grandes emoções.
  • Segundo tempoSem Maikon Leite e Élber como opções para o meio, Eduardo Baptista recorreu ao atacante Hernane Brocador, que fez sua estreia no segundo tempo, para fazer companhia a André. A pressão do Sport aumentou e forçou Luxa a também buscar uma alternativa para atacar mais, promovendo a entrada de Arrascaeta. Com as duas equipes dispostas a marcar, o jogo ganhou muito em emoção, mas com o mesmo panorama da etapa inicial. O Sport esboçava uma pressão, enquanto o Cruzeiro saía com velocidade para tentar matar o jogo, perdendo ótimas oportunidades de marcar. Placar final, 0 a 0.

Para lembrar

  • Força de contratoTitular no time de Eduardo Baptista, o velocista Élber não entrou em campo por força de contrato com o Cruzeiro. Como pertence ao clube mineiro e está apenas emprestado, o jogador não participou do jogo.
  • Tem sorteio na terçaLuxemburgo já deixou claro que o Cruzeiro não irá sonhar alto no Brasileiro e que a prioridade neste fim de ano será a Copa do Brasil. Nesta terça-feira, o sorteio definirá os confrontos e o primeiro adversário celeste na luta pelo pentacampeonato do torneio.
  • Sport segue imbatível em casaApesar do empate, o Sport segue como melhor mandante do Brasileiro. Com o resultado, o Leão alcançou 23 pontos jogando em Recife, seja na Ilha do Retiro ou na Arena Pernambuco. O segundo colocado neste quesito é o Atlético-MG, com 22 pontos.

Melhor

  • HenriqueNo novo esquema de Luxemburgo, Henrique foi um dos responsáveis por defender e atacar com a mesma qualidade. Foi eficiente na marcação e ainda desceu com qualidade ao campo ofensivo.

Próximos Jogos - Sport

  1. Ceará CEA
    Sport SPT
  2. Sport SPT
    Fluminense FLU
  3. Vitória VIT
    Sport SPT
  4. Flamengo FLA
    Sport SPT
  5. Sport SPT
    Chapecoense CHA

Próximos Jogos - Cruzeiro

  1. Cruzeiro CRU
    Atlético-PR CAP
  2. Cruzeiro CRU
    América-MG AMG
  3. Cruzeiro CRU
    Atlético-PR CAP
  4. Corinthians COR
    Cruzeiro CRU
  5. Cruzeiro CRU
    São Paulo SPA

UOL Cursos Online

Todos os cursos