Cruzeiro supera expulsão de Paulo André e vence o Coritiba no Mineirão

Do UOL, em Belo Horizonte

O fantasma do rebaixamento está cada dia mais distante da Toca da Raposa II. Neste domingo, em jogo válido pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro venceu o Coritiba, por 2 a 0, no Mineirão, onde não saía com um resultado positivo desde a estreia de Mano Menezes, e se afastou da zona do descenso. O lateral direito Ceará e o atacante Willian foram os responsáveis por balançar a rede de Wilson.

O triunfo desta noite colocou o atual bicampeão nacional com 36 pontos, a cinco do Z-4, que é encabeçado pela Chapecoense. Os jogadores de Ney Franco, porém, seguem com 33 e seguidos de perto pelos times que ocupam a incomoda região da tabela de classificação.

Agora, o time de Mano Menezes depende de pelo menos mais três vitórias, conforme edições anteriores do torneio, para chegar aos 45 e evitar definitivamente o descenso para a Série B do Campeonato Brasileiro.

Ficha técnica
Cruzeiro x Coritiba

Motivo: 28ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 27 de setembro de 2015 (domingo)
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Fabiano da Silva Ramires (ES)

Cartão amarelo: João Paulo (Coritiba)
Cartão vermelho: Paulo André – 41'/1ºT (Cruzeiro); Juninho – 39'/2ºT (Coritiba)

Gols: Ceará – 21'/1ºT (1-0); Willian – 20'/2ºT (2-0)

Cruzeiro
Fábio; Ceará (Fabiano), Manoel, Paulo André e Fabricio; Henrique, Charles e Ariel Cabral; Willian (Júlio Baptista), Alisson e Allano (Douglas Grolli).
Técnico: Mano Menezes.

Coritiba
Wilson, Leandro Silva (Evandro), Walisson Maia, Juninho e Carlinhos; João Paulo, Juan, Cáceres (Thiago Galhardo) e Esquerdinha (Marcos Aurélio), Rafhael Lucas e Guilherme Parede.
Técnico: Ney Franco.

Fases do jogo

  • Primeiro tempoO Cruzeiro atacou desde o primeiro minuto de partida. As boas investidas, sobretudo pelo lado do campo, com Willian, Allano e Alisson incomodaram bastante a defesa adversária. Entretanto, foi uma finalização de longa distância que fez a diferença nos 45 minutos iniciais. Ceará acertou um belíssimo chute da intermediária e balançou a rede de Wilson. Com o gol, o esperado é que o mandante passasse a ter mais liberdade em jogadas rápidas, mas não foi o que se viu. O Coritiba cresceu e passou a incomodar. Fábio fez boas defesas e Paulo André acabou expulso ao cometer falta em Guilherme.
  • Segundo tempoNa volta do intervalo, o Coritiba passou a dominar as ações do jogo. Rafhael Lucas e Thiago Galhardo foram os responsáveis por criar as principais oportunidades da equipe, que pecou bastante nas finalizações. A saída em bloco do visitante, em superioridade numérica, deu espaço para o mandante chegar com mais frequência em contra-ataques. E foi em um lance deste tipo que o atual bicampeão nacional ampliou o marcador. Willian aproveitou erro cruzamento de Alisson e finalizou firme. A bola desviou no goleiro Wilson e morreu no fundo da rede.

Destaques

  • Expulsão infantilA falta do zagueiro em Guilherme, aos 41 minutos do segundo tempo, fez com que ele tenha recebido o cartão vermelho, sobretudo pela forma como ele cometeu a infração, colocando o braço no rosto do jogador adversário. O lance poderia ocorrer de maneira menos contundente, o que acarretaria apenas em cartão amarelo.
  • Estreia após 9 mesesDouglas Grolli, enfim, estreou com a camisa do Cruzeiro. Contratado junto ao Grêmio, no início do ano, por conta de uma dívida dos gaúchos com o atual bicampeão brasileiro, o defensor não havia participado de nenhum um jogo sequer da equipe no ano. O seu debute ocorreu neste domingo, no Mineirão, diante do Coritiba.
  • Show da torcidaVirou rotina o show da torcida do Cruzeiro no Mineirão. Desde o clássico contra o Atlético-MG, o grito de "Zeiro" é o que dita o ritmo das partidas. Neste domingo, os torcedores não pararam de cantar em nenhum segundo do compromisso e ajudaram o time de Mano Menezes a sair com um novo triunfo.

Melhores

  • Willian, CruzeiroO Bigode fez uma nova partida consistente. Não apenas por causa do gol que deu a vitória ao Cruzeiro, mas também pelo fato de recompor com qualidade e sair em velocidade, buscando tabelas e triangulações. O atacante tem se destacado muito desde a chegada de Mano Menezes à Toca da Raposa II. Neste domingo, ele alcançou o seu sétimo gol sob a batuta do treinador.

Piores

  • Paulo André, CruzeiroO zagueiro cometeu um erro crasso ao fazer falta em Guilherme num lance de contra-ataque do Coritiba e atrapalhou a equipe na etapa complementar, uma vez que a sua saída exigiu a mudança na forma de atuar do Cruzeiro. O atacante Allano teve que deixar o gramado para entrada de outro defensor.
  • Juninho, CoritibaO zagueiro foi expulso de forma infantil. Após sofrer falta de Fabiano na lateral esquerda, ele acertou o rosto do lateral direito com uma cotovelada e recebeu o cartão vermelho.

Próximos Jogos - Cruzeiro

  1. Cruzeiro CRU
    Grêmio GRE
  2. Cruzeiro CRU
    Santos SAN
  3. Cruzeiro CRU
    Grêmio GRE
  4. Chapecoense CHA
    Cruzeiro CRU
  5. Cruzeiro CRU
    Bahia BAH

Próximos Jogos - Coritiba

  1. Coritiba CTB
    Vitória VIT
  2. Atlético-PR CAP
    Coritiba CTB
  3. Palmeiras PAL
    Coritiba CTB
  4. Coritiba CTB
    Botafogo BOT

UOL Cursos Online

Todos os cursos