Ameaçados, Vasco, Coritiba e Figueirense podem atingir recorde negativo

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Pedro Martins/AGIF

    Coritiba, de Negueba, e Vasco, de Nenê, vivem situação dramática no Brasileiro

    Coritiba, de Negueba, e Vasco, de Nenê, vivem situação dramática no Brasileiro

Em situações delicadas no Campeonato Brasileiro, Vasco, Coritiba e Figueirense estão próximos de atingir uma marca negativa em suas respectivas histórias. Caso sejam rebaixados, se tornarão, ao lado do Vitória, os clubes que mais vezes caíram da Série A para a B na era dos pontos corridos, que se iniciou em 2003.

Até o momento, o clube baiano soma três descensos contra dois dos cariocas, paranaenses e catarinenses. Do trio, atualmente, o que corre menos risco é o Figueirense, que está fora da zona de rebaixamento na 15º colocação, com dois pontos a frente do chamado "Z-4".

Vasco, na lanterna, e Coritiba, em 18º, vivem verdadeiros dramas. De acordo com o site Chance de gol, a chance de rebaixamento do Cruzmaltino é de 98,7%. Já a do Coritiba, 77,1%. Os catarinenses estão em situação mais "tranquila", com 19,3%. 

Técnico do time de São Januário, Jorginho ainda não perdeu a esperança. "A gente não tem outra saída a não ser acreditar. Estamos respirando, vamos em busca do nosso objetivo. São cinco jogos e cinco pontos (de diferença para o primeiro fora da zona)".

Ney Franco, treinador do Coritiba, lamentou as dificuldades encontradas pelo clube ao longo do campeonato, entre elas, a dos salários atrasados.

"Estamos disputando um campeonato inteiro com dificuldade e, dentro dessa dificuldade, estamos usando todas as alternativas do grupo, do elenco. É um elenco que está procurando fazer o máximo para o Coritiba. Estamos nessa situação, embora complicada, mas uma situação que dá para sair", avaliou.

Já o técnico do Figueirense, Hudson Coutinho, prefere não fazer projeções para as próximas cinco rodadas.

"A pontuação está muito apertada. Temos que realmente pontuar nesta sequência de jogos. Dentro de casa é preciso vencer. Projeção para evitar a queda é difícil, pois a cada rodada muda, e percebemos que isso diminui um pouco essa margem. Não dá para fazer soma nesse momento. Pensamos jogo a jogo".

Próximos jogos do Vasco: Palmeiras (fora), Corinthians (casa), Joinville (fora), Santos (casa) e Coritiba (fora).

Próximos jogos do Coritiba: Corinthians (fora), Goiás (fora), Santos (casa), Palmeiras (fora), Vasco (casa)

Próximos jogos do Figueirense: Atlético-MG (casa), Ponte Preta (fora), Chapecoense (casa), São Paulo (fora) e Fluminense (casa). 


 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos