Santista do 'gol perdido' também passou por calvário no Vasco. E durou anos

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Marcelo Sadio / Site oficial do Vasco

    Nilson só atuou quatro vezes pelo Vasco em quatro anos de contrato: não fez gol

    Nilson só atuou quatro vezes pelo Vasco em quatro anos de contrato: não fez gol

Mesmo vitorioso no primeiro jogo da final da Copa do Brasil na última quarta, o atacante Nilson, do Santos, viveu seu inferno astral ao perder um gol feito aos 50 minutos do segundo tempo que ampliaria a vitória por 1 a 0 sobre o Palmeiras. Desconhecido do grande público até então, poucos sabem que o jogador se profissionalizou no Vasco, adversário deste domingo, e que lá viveu um calvário ainda mais longo.

Contratado em 2010 da Portuguesa, Nilson chegou a São Januário ainda para integrar o time de juniores do Cruzmaltino. Por lá assinou um vínculo longo de quatro anos e parecia que estava à beira de decolar na carreira, mas acabou tendo uma desilusão, sendo aproveitado no elenco principal somente na primeira temporada, participando de apenas quatro jogos, não fazendo nenhum gol e sendo titular em apenas um.

Sua estreia como profissional, curiosamente, foi contra o Santos, na Vila Belmiro, e como titular, na goleada santista por 4 a 0. O responsável por sua promoção foi o técnico Celso Roth, que o sacou aos 30 minutos do segundo tempo.

A segunda oportunidade apareceu somente dois meses depois, na derrota para o Grêmio Prudente por 2 a 1, quando entrou no fim, aos 39 minutos do segundo tempo, já com o técnico Paulo César Gusmão, que se recorda dos primeiros passos de Nilson.

"Na minha época ele ainda tinha idade de juniores. Dentro das necessidades, eu subia para compor o elenco. É um jogador voluntarioso, que chama mais a atenção pela entrega dentro dos treinamentos do que pela parte técnica", avaliou.

Na sequência, o atacante ainda teve mais duas chances: no empate por 1 a 1 com o Atlético-MG e na derrota por 2 a 0 para o Atlético-GO, todas entrando no decorrer da partida.

Sem espaço no clube, passou a ser "ignorado" no Vasco e começou sua vida de cigano da bola, sendo emprestado para diversos clubes como Criciúma, Paraná, Bragantino, entre outros, até ter seu contrato encerrado em 2014 sem nunca mais ter sido aproveitado em São Januário.

Após cinco anos e hoje no comando do Joinville, PC Gusmão vê com naturalidade o gol perdido pelo atacante na última quarta e o enaltece.

Só perde gol quem é atacante. Igual goleiro, que só toma quem é. Isso faz parte da carreira. Não vai ser nem a primeira e nem a última vez que isso vai acontecer. A grande questão é que foi numa decisão, que o Brasil todo estava assistindo, então toma uma proporção maior. Mas se ele foi contratado pelo Santos, é porque mostrou qualidades no São Bento (clube onde se destacou no Campeonato Paulista)", avalia.

Apoio de atletas, Dorival e até Chulapa

Nilson recebeu o apoio do técnico Dorival Júnior e será titular no duelo contra o Vasco neste domingo. O treinador tinha outras opções, mesmo escalando o time B, mas quer reanimar o jogador, extremamente abatido após o incrível gol perdido. Serginho Chulapa, considerado o "padrinho" de Nilson no Santos, foi um dos responsáveis por ajudar o jogador. O ex-artilheiro de Santos e São Paulo contou histórias sobre gols que perdeu na carreira para ajudá-lo. Os atletas também demonstraram apoio a Nilson, que se destaca nos treinamentos atuando pelo time reserva. 

"Natural que tenha acontecido abatimento. Com qualquer profissional aconteceria, mais ou menos experiente. Pelo momento, circunstância, jogada... Temos que respeitar. Errou, como perdemos um pênalti (Gabriel). Se tivéssemos mais minutos, ele poderia buscar a recuperação. Agora, só tenho que tentar recuperá-lo", afirmou Dorival.

Nilson não deixou saudades entre os vascaínos
Embora PC Gusmão tenha tentado elevar seu ânimo, Nilson, definitivamente, não deixou saudades entre os torcedores do Vasco. No Twitter, o atacante voltou à pauta dos vascaínos após o gol perdido e com a possibilidade dele ser titular neste domingo, mas as mensagens não foram de carinho:

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos