Apesar de ser obsessão no Atlético-MG, Brasileirão começa em 2º plano

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

    Cazares volta a ter chance como titular do Atlético-MG na abertura do Campeonato Brasileiro

    Cazares volta a ter chance como titular do Atlético-MG na abertura do Campeonato Brasileiro

Conquistar o Campeonato Brasileiro é um dos maiores desejos do Atlético-MG. Mas nem por isso o time vai ter força máxima na abertura da competição, contra o Santos, neste sábado, às 18h30, no Independência. Com foco totalmente na Copa Libertadores, a equipe alvinegra pode chegar à semifinal do torneio, o técnico Diego Aguirre vai poupar todos os titulares. O clube venceu a competição apenas uma vez, em 1971, mas foi vice em duas das últimas quatro temporadas.

Nenhum dos 11 jogadores que iniciou a partida de ida contra o São Paulo, na última quarta-feira, aparece na relação de jogo contra o Santos. Do goleiro ao ponto esquerda, o Atlético vai ter uma equipe alternativa. Mas nem por isso o treinador atleticano minimiza a importante do duelo deste sábado. Aguirre lembra que em caso de um eventual tropeço, a equipe alvinegra vai ter outras 37 rodadas pela frente. Como na Libertadores resta apenas uma chance, está aí a justificativa para a decisão de segurar os titulares.

"É um campeonato muito longo, é um campeonato especial. Sei o que significa para o Atlético a possibilidade de ganhar esse título, que faz muito, muito tempo que não consegue. É uma competição muito importante, tão importante quanto é a Libertadores, em caso de conquista. Mas é uma situação especial, pois nós nos encontramos numa decisão de Libertadores e temos de usar outros jogadores. Lamentavelmente não podemos ir com todo o time, afinal prejudicaria o nosso time para quarta. Então, é dar confiança e oportunidades aos demais jogadores", explicou Aguirre.

Se jogar com uma equipe alternativa pode parecer um problema para o torcedor alvinegro, para Aguirre pode ser a chance que muitos jogadores esperam. E o comandante do Atlético manda um recado: a escalação contra o São Paulo vai ser definida de acordo como desempenho de alguns reservas contra o Santos.

"Acho que o Cazares é um grande jogado, tem muita qualidade e contra o Santos, não só ele, tem uma boa chance de mostrar bom futebol e ganhar um lugar para quarta. O jogo é muito importante não somente pelos três pontos, começar com vitória o brasileiro seria espetacular, mas também sobre algumas dúvidas que tenho sobre um jogador ou outro. Talvez, três ou quatro jogadores que atuarem contra o Santos também vão jogar na quarta".

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG X SANTOS

Data: 14 de maio de 2016, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Motivo: 1ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)
Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA)

ATLÉTICO-MG: Uilson (Giovanni), Gabriel, Edcarlos, Tiago e Carlos César; Lucas Cândido, Eduardo, Carlos Eduardo e Cazares; Pablo e Clayton.
Técnico: Diego Aguirre.

SANTOS: anderlei; Victor Ferraz, David Braz, Gustavo Henrique e Zeca; Thiago Maia, Renato, Vitor Bueno e Ronaldo Mendes; Paulinho e Gabriel.
Técnico: Dorival Júnior.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos