Diego Souza reclama da arbitragem em revés para o Flamengo: "não tem como"

Do UOL, em São Paulo

A arbitragem não passou despercebida na vitória flamenguista por 1 a 0 sobre o Sport, neste sábado. O confronto no Raulino de Oliveira teve gol polêmico anulado, expulsão direta e bastante reclamação por parte do time pernambucano. Diego Souza, por exemplo, não poupou o dono do apito, Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza.

"O Juan deu um chute na minha barriga dentro da área e ele não deu nada, tivemos um gol legal e ele [árbitro] não deu. Estamos jogando contra algo mais do que o futebol. Não tem como", disparou o armador rubro-negro, visivelmente irritado na saída de campo.

O primeiro motivo da revolta de Diego Souza ocorreu aos 24 minutos de jogo, quando a arbitragem marcou impedimento de Vinícius Araújo. A posição do atacante era duvidosa, mas serviu para o Sport sentir-se prejudicado. Depois, Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza expulsou Rithely após dividida com Cuéllar, uma decisão rigorosa demais segundo o Leão da Ilha.

"Vocês que têm câmeras e estão de fora podem falar melhor do que a gente, com replay e tudo isso. Vocês viram a conduta dele durante todo o jogo", encerra Diego Souza.

Não é a primeira vez que o meio-campista entra em atrito com o Flamengo. Em maio de 2015, em empate por 2 a 2 no Maracanã, ele criticou muito a arbitragem por uma polêmica envolvendo suposta falta de fair play da parte dos flamenguistas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos