Surpreso com torcida, Tite critica vaias a jogadores: "não façam isso"

Do UOL, em São Paulo

Tite não vem gostando nada dos protestos da torcida do Corinthians. No último sábado, houve manifestação de organizada na frente do CT. Neste domingo, durante o empate por 0 a 0 contra o Grêmio na Arena Corinthians, no Campeonato Brasileiro, Rodriguinho e André foram bastante vaiados ao serem substituídos, o que fez Tite fazer um pedido aos aficionados durante a entrevista coletiva.

"Se apoiar [os jogadores] vai melhorar. Senão esses ajustes que eu falo que o time precisa vão demorar a acontecer. A torcida do Corinthians sempre se caracterizou por apoiar, e essas manifestações têm me surpreendido", disse o treinador corintiano.

André, aliás, foi vaiado ainda antes do apito inicial, quando sua foto apareceu no telão durante a escalação do time. O centroavante virou um dos principais alvos da torcida corintiana depois de errar um pênalti no jogo contra o Nacional-URU que acabou custando a eliminação na Libertadores.

"Eu tenho um pouco de carinho, respeito ao torcedor, para pedir: não faça o que fez com o Rodrigo [Rodriguinho], com o André. Eu sei que daqui a pouco eu posso não ser o técnico ideal para bastante gente, só tenho é que passar critérios, ideias...", acrescentou Tite.

O técnico alvinegro ainda pediu paciência à torcida citando tudo que já conquistou pelo clube. "Eu posso falar uma coisa: 2011, 12, 13, 14, 15... O Corinthians foi campeão, depois sexto, décimo, quarto e campeão. Um pouquinho de credibilidade num técnico que nos últimos quatro anos ganhou dois. 2014 eu passei o ano invicto", completou Tite.

Sem jogos no meio da semana, o Corinthians volta a campo no próximo domingo, quando visita o Vitória em Salvador, às 16h, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos