Dorival pede 'reforços urgentes', e Santos agenda reuniões decisivas

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Divulgação/SantosFC

    Técnico quer reforços para suprir ausência dos convocados R. Oliveira, L. Lima e Gabigol

    Técnico quer reforços para suprir ausência dos convocados R. Oliveira, L. Lima e Gabigol

O técnico Dorival Júnior já ressaltou que a conquista de bons resultados no início do Campeonato Brasileiro é determinante para as equipes conquistarem seus objetivos no fim da competição. Por conta disso, o treinador espera a chegada de 'reforços urgentes' para suprir, principalmente, a perda que o time terá com o trio convocado para a seleção brasileira que disputa a Copa América Centenário.

Por conta disso, a diretoria santista já agendou duas reuniões decisivas para esta semana com a intenção de fechar duas contratações.

A primeira ocorre com os representantes do volante Yuri, umas das revelações do Audax no Campeonato Paulista. A cúpula alvinegra costura uma negociação por empréstimo até o fim de 2017. Para isso, o clube aguarda que o atleta de 21 anos assine a renovação contratual com o time de Osasco por três temporadas. O encontro desta semana deve ocorrer para a assinatura contratual.

A segunda reunião acontecerá pelo atacante Jonathan Copete, no Paraguai, O presidente Modesto Roma aproveita a reunião de clubes sul-americanos interessados em criar uma nova liga para conversar com o presidente do Atlético Nacional, da Colômbia, detentor dos direitos econômicos do jogador.

 "Se por um lado é importante ter vários jogadores na seleção, por outro lado ficamos fragilizados. Estamos tentando reposições para que minimizemos esse problema, que vai nos tirar a possibilidade real de estarmos em melhor colocação. Precisamos antecipar alguns fatos e buscar jogadores para preenchermos esse espaço", afirmou Dorival.

"A preocupação é que tenha a montagem de um elenco e que conviva com perdas eventuais. Porém nós já sairemos no início da competição sem três jogadores importantíssimos. Caso aconteça alguma lesão ou um cartão ou outro, você perde a estrutura do seu time. Isso sim acaba me preocupando bastante. Substituir quatro, cinco, é um novo contexto", completou.

O Santos pagará US$ 1,5 milhão (aproximadamente R$ 5 milhões) pela liberação de Copete ao Atlético Nacional. O clube paulista já acertou tudo com o jogador e espera definir os detalhes finais da compra com a diretoria do clube colombiano.

UOL Esporte apurou que o Santos enviou um representante a Colômbia na semana passada para que o atleta assinasse uma carta de vínculo com o clube. O documento contém uma multa a ser paga caso Copete acerte sua transferência para outro clube após a disputa da Libertadores.

A diretoria santista já acertou salários e tempo de contrato com o atacante colombiano, que ficará na Vila Belmiro por três temporadas. O clube paulista só aguarda a participação de Copete na Libertadores para anunciá-lo oficialmente como novo reforço.

A contratação de Copete é curiosa, já que a prioridade do Santos era outro atleta do time colombiano – o atacante Marlos Moreno. No entanto, o Atlético Nacional pediu US$ 7 milhões (aproximadamente R$ 24 milhões) pelo jogador.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos