Cazares volta bem, ganha apoio da torcida e cria dúvida para Aguirre

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

  • REUTERS/Thomas Santos

    Ótima atuação com o time reserva do Atlético recolocou Cazares entre os favoritos de Aguirre

    Ótima atuação com o time reserva do Atlético recolocou Cazares entre os favoritos de Aguirre

Antes de o Atlético-MG estrear no Brasileirão, Cazares passou três jogos sem atuar e chegou a ser cortado do banco de reservas na Libertadores. Mas houve um retorno em grande estilo contra o Santos no último sábado (14). Desequilibrando a partida e marcando o gol da vitória, o equatoriano conseguiu colocar pelo menos uma grande dúvida na cabeça de Aguirre. Resta agora saber se Aguirre foi convencido a escalar o equatoriano de titular contra o São Paulo, na decisão da próxima quarta-feira. Mesmo sem dar sinais claros de quem estará no time, o uruguaio substituiu os poucos comentários de antes para inúmeros elogios ao xodó da torcida.

"Eu estou feliz pela atuação do Cazares. Estão falando muita coisa dele, é um menino muito bom, que trabalha muito. Algumas circunstâncias fizeram ele não ter muitas oportunidades nos últimos jogos. Mas esse é o Cazares que eu quero e que o Atlético precisa. Estou muito feliz com ele, que estava triste e eu estava preocupado. Ele precisava fazer um bom jogo e foi decisivo. Não só pelo gol, mas porque jogou muito bem. Estou feliz que o Cazares está pronto, de volta, e é uma opção muito boa para o futuro", comentou.

Não faltou apoio das arquibancadas

Durante seu 'retorno' ao time do Atlético, Cazares saiu de campo como jogador mais ovacionado pelo torcedor que compareceu ao Horto, tendo seu nome gritado por várias vezes. Em toda a partida, além do gol, o meia distribuiu ótimos passes, mostrou muita personalidade e ainda terminou o confronto com a melhor atuação.

"É sempre bom fazer gol e ganhar. Agora estou tranquilo para seguir. A decisão é do treinador, é preciso estar pronto. Estou tranquilo e não sei dizer se garanti presença contra o São Paulo, mas temos que fazer um bom trabalho e classificar".

Nos 16 compromissos jogados com a camisa atleticana, Cazares já marcou três vezes e fez o serviço de garçom por outras três. Inteligente, rápido e dono de uma visão de jogo apurada, o garoto de 24 caiu nas graças da torcida logo em sua estreia pelo clube. Desde então, passou a ser considerado titular absoluto no time. Porém, por três partidas decisivas, incluindo a final do estadual contra o América e os confrontos contra Racing e São Paulo, pela Libertadores, o meia foi 'barrado' por Aguirre, que preferiu não dar explicações sobre sua decisão. Conforme já informado, a volta do equatoriano aconteceu apenas na partida contra o Santos. Mesmo com o time reserva, o Galo superou o campeão paulista e Cazares terminou o jogo em alta, praticamente garantindo sua titularidade para o próximo confronto.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos