"Aqui não": técnico diz que Ponte não gostou do favoritismo do Palmeiras

Do UOL, em São Paulo

Eduardo Baptista, técnico da Ponte Preta, mostrou incômodo com os comentários de que o Palmeiras era favorito para o duelo deste sábado no Moisés Lucarelli. Após a vitória pontepretana por 2 a 1, o treinador disse que a preparação feita ao longo da semana foi importante para o resultado conquistado diante do time de Cuca.

"Falavam que o Palmeiras era favorito aqui em Campinas. Ninguém é favorito, trabalhamos bastante em cima dos atletas. É assim, não adianta falar bonito e dizer que o Palmeiras era favorito", reclamou.

Para o atacante Wellington Paulista, a forma como Eduardo Baptista organizou a Ponte neste sábado foi um dos segredos para a primeira vitória da equipe no Campeonato Brasileiro.

"A gente tem um treinador extremamente estudioso. Peguei ele no Fluminense, gostei muito de trabalhar com ele. Eu era escalado mais aberto pela esquerda. O Palmeiras não chegou no nosso gol, só com bola alçada e bate e rebate. O Eduardo colocou a gente bem postado no campo", analisou.

A Ponte enfrenta o Corinthians na quinta-feira, às 11h, em Itaquera. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos