Na mira da China, Elias revela "coração apertado" por deixar Corinthians

Do UOL, em São Paulo

A derrota por 3 a 2 para o Vitória, no Barradão, pode ter sido o último jogo do volante Elias com a camisa do Corinthians. Ele se apresenta à seleção brasileira nesta segunda-feira para a disputa da Copa América e pode se transferir para o futebol chinês. Após o apito final em Salvador, o jogador disse que viaja para os Estados Unidos, onde se juntará aos outros comandados de Dunga, com o "coração apertado" por não poder ajudar a equipe de Tite na recuperação após a eliminação na Libertadores.

"É difícil falar [se é o último jogo], até porque a gente não tem nada, só a sondagem que eu soube pela imprensa. É difícil falar se é o último. Saio chateado porque estou indo para a seleção. Queria fazer parte dessa retomada com o Corinthians. Vou servir a seleção com o coração apertado porque queria fazer parte dessa retomada. Se aparecer alguma coisa muito boa para o clube e para mim, a gente conversa. Por enquanto, falo como jogador do Corinthians", afirmou à Rádio Globo. 

No início da temporada, Elias recebeu propostas oficiais do mercado chinês, mas optou por disputar a Libertadores com o Corinthians. Segundo o volante, após a negativa de janeiro, os asiáticos ainda não procuraram seu estafe para discutir a transferência. 
 
"Não passaram nada. Estou falando sério. Eu soube pela imprensa do interesse de clubes chineses. Em janeiro, foi diferente. Chegaram algumas coisas e eu escolhi ficar. Continuo falando como jogador do Corinthians", contou. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos