Paulo Bento vê pontos positivos, mas avisa que é preciso trabalhar mais

Do UOL, em Belo Horizonte

A grande novidade do Cruzeiro contra o Figueirense estava fora de campo. Era o técnico Paulo Bento, que iniciou na segunda-feira o trabalho na Toca da Raposa. O português chegou a Belo Horizonte como métodos diferentes, como treino no mesmo dia da partida. Algo que aconteceu antes do duelo com a equipe Figueirense.

Em campo, foi possível ver alguma organização diferente, não por muito tempo. Algo ressaltado pelo treinador, após o empate em 2 a 2, no Mineirão, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

"Eu creio que termos globais, na primeira parte fomos uma equipe mais organizada, mais equilibrada, que conseguiu, essencialmente nos primeiros 25 minutos, conseguimos pôr em prática algumas coisas que fizemos durante a semana. Creio que não era justo o resultado no intervalo. Depois tomamos o segundo, de bola parada, que deixaram as coisas mais complicadas. Nos valemos de uma boa reação, pelo fato de conseguir o gol logo após sofrer o segundo. Chegamos à igualdade, mas mesmo com mais domínio sobre o adversário, acabamos penalizados. Sabemos que temos muito trabalho pela frente", disse Paulo Bento, ciente que vai ter muito o que fazer na Toca da Raposa.

"Não é com uma semana de trabalho, com cinco treinos, que se consegue mudar uma equipe. Mas é claro que existe coisas positivas para tirar e preparar a equipe da melhor maneira possível para o próximo jogo".

Que Paulo Bento vai mesmo precisa de algum tempo para arrumar o time, isso está mais do que claro. Até por isso, o treinador prefere não colocar uma data que o Cruzeiro já esteja em uma condição mais forte, capaz de fazer frente aos principais candidatos ao título do Brasileirão.

"Uma equipe de futebol é sempre um processo inacabado. Há sempre algo para melhorar, há sempre algo fazer. Algo que é normal é que todos os processos necessitam de tempo. É verdade que no futebol não há muito tempo. É verdade que não teremos muito tempo para treinar também. Mas em uma semana não é possível deixar a equipe do nível que pretendemos. Vamos tentar, o mais rápido possível, colocar a equipe mais próxima das nossas ideias, dentro das características dos jogadores. Não tínhamos dúvidas disso antes de chegar e também não temos dúvida agora".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos