Roger vê jogo 'tenso' e culpa ansiedade por vitória magra contra o Fla

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

O técnico Roger Machado pautou suas declarações após o 1 a 0 sobre o Flamengo pela cautela. Cuidando o peso das frases que fez, o comandante culpou a ansiedade por um fim de jogo tenso e uma vitória magra pela segunda rodada do Brasileiro. 

"O fim do jogo foi tenso, com o Flamengo nos pressionando, mas é natural da partida. Se tivéssemos definido a partida, tomado a decisão certa, não sofreríamos isso. Tomamos decisões erradas, trouxemos o Flamengo para cima e acabamos sofrendo um pouco", disse o treinador. 
 
Segundo Roger, erros de passe e movimentações do Grêmio aconteceram muito por força da pressão vinda das arquibancadas. Os aficionados, também motivados pela falta de títulos no primeiro semestre, vaiaram em vários momentos o time. 
 
"Precisamos resgatar a confiança do torcedor. Isso, às vezes pela ansiedade de querer acertar, se erra um lance simples. Retornando a confiança com o torcedor isso passa. É importante estrear em casa com vitória", completou. "Não erramos porque desejamos, erramos querendo acertar. Eu entendo a desconfiança da torcida, mas o ideal é que a vaia não aconteça. Vencemos e jogamos bem, fomos pressionados, faz parte do jogo. Prejudica porque deixa nosso jogador mais nervoso", acrescentou. 
 
O próximo compromisso do Grêmio será diante do Atlético-MG, fora de casa, no meio de semana. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos