São Paulo busca empate, mas Internacional marca no fim e vence no Morumbi

Do UOL, em São Paulo

A torcida do São Paulo que compareceu ao Morumbi neste domingo vibrou com gol de Lugano aos 41 minutos do segundo tempo, imaginando que pelo menos um empate seria alcançado contra o Internacional. Mas a alegria durou pouco. Um gol de Eduardo Sasha logo em seguida decretou a vitória dos visitantes por 2 a 1. 

Eduardo Sasha já tinha sido o responsável pelo primeiro gol. Foi decisivo para a vitória do Internacional, que chega a quatro pontos depois de ter empatado na primeira rodada e encara o Sport no meio de semana. Já o São Paulo permanece com três pontos e terá o Coritiba pela frente no seu próximo compromisso. 

Quem foi bem: Eduardo Sasha e Danilo Fernandes decidem

O atacante e o goleiro foram fundamentais para a vitória do Internacional neste domingo. Oportunista, Eduardo Sasha aproveitou as boas jogadas de Vitinho e de William para castigar a defesa do São Paulo com gols. Já Danilo Fernandes trabalhou muito bem do outro lado para frustrar algumas boas oportunidades criadas pelo oponente, principalmente durante o segundo tempo.

Quem foi mal: Bruno falha em gol do Internacional

O lateral do São Paulo deixou espaços na marcação que foram aproveitados pelo Internacional durante a partida e também não se mostrou tão eficiente assim na hora de criar. Mas a principal falha aconteceu no segundo gol do time gaúcho, quando não matou a jogada que William construiu e o viu encontrar Eduardo Sasha dentro da área para concluir para o gol.

Danilo Fernandes: estreia com atuação segura

Contratado para o lugar de Alisson, vendido para a Roma, Danilo Fernandes foi titular do Internacional pela primeira vez neste domingo, Depois de ter feito um bom campeonato com o Sport no ano passado, o goleiro começou bem a trajetória com o clube gaúcho. Mostrou segurança com uma defesa no primeiro tempo, mas brilhou mesmo no segundo, salvando a equipe em um cabeceio de Calleri e em um chute de Centurión. Não conseguiu evitar o gol de Lugano, mas não teve culpa.

Como foi o jogo do São Paulo

Os jogadores abertos pelos lados do campo, principalmente Centurión, até foram bem explorados. Mas os erros de passe atrapalharam demais as articulações ofensivas do São Paulo no primeiro tempo. Depois de sofrer o gol e ir para o intervalo atrás no placar, partiu para cima no segundo tempo em busca do gol de empate. De fato, conseguiu aumentar a pressão e passar mais tempo com a bola nos pés, dando menos lançamentos longos. Mas algumas das boas chances de gol que foram criadas pararam em Danilo Fernandes. Lugano conseguiu o empate em um lance pelo alto, mas a alegria durou pouco. Um avanço de William pela defesa do São Paulo encontrou Eduardo Sasha, que marcou o segundo do Inter.

Como foi o jogo do Internacional

O time começou o jogo passando mais tempo com a posse de bola, até pelos desarmes que somou durante o primeiro tempo, e usando os lados do campo para tentar criar. Em um destes avanços rápidos ao ataque após erro do adversário, abriu o placar. Vitinho avançou pela esquerda, atraiu a atenção dos zagueiros do São Paulo e encontrou Eduardo Sasha, que apareceu com espaço dentro da área e finalizou de cara para Denis. Depois de ir para o intervalo em vantagem, voltou do segundo tempo mais atrás, buscando e defender da pressão do oponente e apostando nos contra-ataques. Tomou gol de Lugano nos minutos finais, mas conseguiu o segundo gol logo em seguida, em um avanço de William que encontrou Eduardo Sasha.

Alterações de Bauza não surtem efeito

No segundo tempo, com o time atrás no placar, o técnico do São Paulo tirou os dois jogadores que mais se mostravam perigosos nas ações de ataque: Kelvin e Centurión, que pediu para sair. Lucas Fernandes e Alan Kardec foram os escolhidos, mas o resultado não deu certo. Por alguns minutos, a equipe perdeu a força pelos lados. O treinador tentou corrigir isso com a entrada de Rogério no lugar de Wesley, recuando um pouco Ganso e fazendo o ataque jogar pelos lados. 

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 1 x 2 INTERNACIONAL

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Pericles Bassols Pegado Cortez
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalo e Guilherme Dias Camilo
Cartões amarelos: Calleri, Ganso, Wesley, Lugano (São Paulo); Anselmo, Fernando Bob, Artur, Ernando, Alex, Eduardo Sasha (Internacional)
Cartão vermelho: Alex (Internacional)
Gols: Eduardo Sasha (Internacional), aos 36 do 1º tempo; Lugano (São Paulo), aos 41 do 2º tempo; Eduardo Sasha (Internacional), aos 43 do 2º tempo

São Paulo: Denis; Bruno, Maicon, Lugano e Matheus Reis; Hudson, Wesley (Rogério), Kelvin (Lucas Fernandes), Paulo Henrique Ganso e Centurión (Alan Kardec); Calleri.
Técnico: Edgardo Bauza

Internacional: Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Artur; Anselmo (Nilton), Fernando Bob, Fabinho, Andrigo (Alex) e Eduardo Sasha; Vitinho (Bruno Baio).
Técnico Argel Fucks

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos