Experiência ou velocidade? Grêmio analisa opções para substituir Bolaños

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Grêmio

    Douglas (e) é o mais cotado para substituir Bolaños no ataque do Grêmio

    Douglas (e) é o mais cotado para substituir Bolaños no ataque do Grêmio

O Grêmio retomou atividades já na tarde desta segunda-feira (23). Depois de vencer o Flamengo por 1 a 0, o Tricolor já mira a terceira rodada do Brasileiro, na próxima quinta diante do Atlético-MG. E o primeiro problema será substituir Miller Bolaños, que se apresenta à seleção do Equador. 

No fim do confronto com o Fla, Douglas foi utilizado. O armador perdeu posto de titular no time, mas entrou com a responsabilidade de segurar a bola e acalmar as ações. Até porque o adversário vinha para cima e ameaçava o resultado construído. 
 
O armador surge como uma das alternativas principais, até porque foi titular durante o primeiro semestre. Mas seu regresso acarretaria numa mudança de postura. 
 
Depois de cair da Libertadores e do Gauchão, o Grêmio abriu mão de um armador centralizado que tirasse a velocidade do jogo. Adotou, a partir de então, estratégia de abusar da velocidade de seus homens de frente. Miller, Luan e Giuliano abasteciam Bobô. 
 
Se optar por permanecer assim, Everton e Pedro Rocha - que também entraram contra o Fla - são os mais cotados. Ambos têm características semelhantes. O primeiro é mais técnico, o segundo mais rápido. 
 
Após atividade regenerativa nesta segunda, os treinamentos a partir de terça indicarão a preferência do comando técnico. O jogo contra o Galo ocorre na noite de quinta-feira, em Belo Horizonte. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos