Tite desabafa, diz que Corinthians tem dignidade e vê torcida impaciente

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO / NELSON ALMEIDA

Tite voltou a utilizar um expediente comum em momentos de pressão no Corinthians. Sem vencer há cinco partidas, período em que teve duas eliminações, o treinador falou em tom de desabafo em defesa de seus comandados e companheiros de trabalho. Uma parte desses comentários foi direcionada à torcida, vista por ele como 'impaciente' em 2016. 

"Para o torcedor digo que, se tivesse algum vagabundo aqui dentro, seguramente a direção e o técnico botariam o dedo na ferida, por toda a dignidade que têm. Respeito e apoio nós precisamos. Atleta e técnico são seres humanos, e quando vier o apoio, aplauso na hora do erro, vai ajudar o atleta e o técnico, ajudar a instituição Corinthians. E quando vier de forma diferente a essa traz prejuízo, porque não tem vagabundo, sem vergonha, cara que se acomoda com conquistas", analisou Tite na véspera de enfrentar a Ponte Preta. 

"Se eu fosse acomodado com conquistas, não teria voltado ao Corinthians. Remontar time é complicado. Talvez o próprio histórico e meu próprio trabalho mostrem o que eu peço: me ajudem. Não na hora que ganha, porque é fácil. Mas o verdadeiro torcedor corintiano se caracteriza por apoiar no momento difícil. Respeitem o nosso trabalho e ajudem o nosso trabalho, para retribuirmos o nosso trabalho. Quando vejo garoto feliz a gente sente felicidade também, alegria dividida", acrescentou Tite, que faz 55 anos. 

"O torcedor está mais impaciente que nos anos anteriores. Não falo isso com gosto, mas com sentimento. Não sei se foi pelas conquistas que teve. Não sei se o torcedor vai ficar chateado, mas estou sendo sincero. Primeiro e segundo erro o torcedor já não absorve. Nunca tinha visto substituição com vaia. São alguns, não a grande maioria, e não digo isso com gosto. É o meu coração que diz o que está sentindo", disse ainda. 

Confira mais respostas do treinador corintiano:

CRISTIAN, VÍLSON E LUCIANO TITULARES
Muda sim. Cristian é um jogador de primeira função mais posicional, e deixa o Bruno com uma função um pouco mais de saída e retorno. Isso permite ao Guilherme ficar mais próximo do Luciano. Quanto à entrada deste jogador, o André aguarda. Pelas entradas boas que têm tido, pelo bom comportamento nos treinos e agora vai entrar

MUDANÇA NO ESTILO DO TIME
Eu fico na expectativa de que a equipe possa manter padrão e regularidade. E isso é acerto e erro. Agora vamos ter três jogadores de articulação, mas também um jogador que ataca espaço, faz facão, Luciano é mais assim. André é mais pivô. A verticalidade e profundidade que o Luciano dão melhores. Esses ajustes são

fundamentais.

DOIS VOLANTES 
Eu tenho por hábito não projetar o segundo passo. Estamos no momento de dar oportunidade, então penso neste jogo. Chamei o Rodriguinho para dizer que estou procurando ajuste no meio-campo e era necessária era sustentação defensiva para buscar o equilíbrio na frente.

BRUNO HENRIQUE
O Bruno Henrique vai ser Bruno Henrique, não vai ser Elias, que tem mais velocidade e infiltrações. São duas linhas de quatro, sendo que o Guilherme está solto em termos táticos.

AJUSTES NA TÁTICA
Entendi a pergunta, mas a ideia do treinador é sempre ajustar os atletas a um sistema e não o contrário. O que teve no início do ano é porque havia engrenagem montada e não há outra forma de observar a não ser colocando e ajustando. A partir do momento em que eles chegam em determinado estágio é hora de realizar outro ajuste inevitável. Mas a ideia do técnico está clara, de ajustar o sistema às características do atleta.

CÁSSIO NA RESERVA
Normal. Continua sendo um jogador de Seleção, mas que por mais qualidade que tenha há competição. E a competição é com o Walter, que vem bem, concorre. Concorrência leal é do jogo, da vida.

PACIÊNCIA COM O TIME
A equipe que vai ser campeã se constrói durante o campeonato. Nós nos construimos e nos reinventamos no ano passado. O normal era manter estrutura básica de equipe para bater campeão. Eu sei da responsabilidade que é o Corinthians. Mas se tem alguém que conquistou título e sabe que precisa de tempo para trabalhar, sou eu. Esta equipe está sendo preparada para bater campeã no ano que vem. É apressar esse processo, essa é a construção.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos