Sob olhar de D'Alessandro, Inter sofre mas vence o Sport com gol 'chorado'

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

D'Alessandro era mais comum em campo, e teria ajudado certamente o Internacional nesta quinta-feira (26). Mas com o meia - emprestado ao River Plate - nos camarotes, o Colorado sofreu bastante no primeiro tempo e só conseguiu vencer o Sport graças a um gol 'chorado', contra. O 1 a 0 foi celebrado e deixou o time gaúcho com sete pontos na classificação. 

Não foi simples. No primeiro tempo, o Internacional esteve 'amarrado' pelo Sport, que adiantou a marcação e impossibilitou uma saída de bola qualificada. Por força do rival, o Colorado não conseguiu criar uma chance sequer de gol. Tanto que Argel Fucks trocou o time ainda na etapa inicial. 
 
No segundo tempo, o duelo se apresentava dramático. Faltava o gol. Mas aos 12 minutos, Andrigo dividiu com o lateral Renê, que fez contra, o gol 'chorado' que determinou a vitória ao Internacional. 
 
O Colorado vai a sete pontos na classificação. Enquanto o Sport tem apenas um. 

D'Alessandro apoia seu time e visita companheiros

O meia Andrés D'Alessandro esteve presente no Beira-Rio para assistir a partida desta quinta-feira. O ex-camisa 10 do Inter, emprestado ao River Plate até o fim do ano, esteve em seu camarote no estádio vermelho acompanhando o jogo. O gringo está de férias com o fim da temporada argentina e poderá voltar ao Inter ao fim do vínculo por lá. Tanto que o número 10 foi 'guardado' para ele na numeração do Colorado. 

Erros de passe ditam começo

Muitos erros de passe. Mas muitos mesmo. Foi assim o início do jogo entre Internacional e Sport. Paulão por pouco não marcou um gol contra ao tentar recuar para Danilo Fernandes. Fabinho armou ataque para o adversário, William barrou ataque promissor. Tudo graças a passes defeituosos. 
O mesmo fez o time visitante, que pouco tempo ficou com a bola ao desperdiçar o ataque com passes precipitados encontrando normalmente a linha de fundo. 

Marcação adiantada atrapalha o Inter

O Sport adiantou suas linhas e prejudicou o Internacional. Defesa, meio-campo e ataque jogaram adiantados e complicaram a criação do time da casa. Tanto que praticamente nenhuma chance foi criada no princípio da partida. 

Inter mexe ainda no primeiro tempo

Percebendo quantas dificuldades tinha, o técnico Argel Fucks mexeu no time do Internacional ainda no primeiro tempo. Anselmo deu lugar a Gustavo Ferrareis. A troca simbolizou uma alteração tática. Argel abriu mão dos três volantes postados em frente à zaga e adotou o 4-2-3-1. Mas pelo menos até o fim da etapa inicial de pouco adiantou.

Gol, mas de quem? Inter abre o placar no segundo tempo

O Internacional abriu o placar no começo do segundo tempo. Mas o gol gerou uma dúvida: de quem foi? Andrigo dividiu cruzamento de Arthur com o lateral Renê. Com a bola nas redes, o colorado não saiu para comemorar como se tivesse feito. E a dúvida foi até do árbitro, que anotou o número às costas do armador. Mas as imagens de televisão confirmaram gol de Renê, contra, pois a bola acertou sua barriga antes de cruzar a linha da meta. 

Sofrimento até o último minuto

O Inter perdeu uma série de chances de gol e chamou o Sport para seu campo. O resultado desse perigosa equação foi sofrimento até o último minuto de jogo. Por sorte, e competência ao conter o rival, a vitória foi confirmada. 

Agenda

Na próxima rodada o Internacional visita o Santos, domingo às 18h30. Já o Sport recebe o Corinthians, também no domingo mas às 11h. 
 
INTERNACIONAL 1 X 0 SPORT
 
Data: 26/05/2016 (Quinta-feira)
Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro:  Igor Junio Benevuto
Auxiliares: Eduardo Gonçalves da Cruz e Marconi Helbert Vieira
Renda: R$ 891.140,00
Público: 28.751 (total) 
Cartões amarelos:  Vitinho (INT), Eduardo Sasha (INT), Paulão (INT); Vinícius Araújo (SPO);
Gols: Renê, do Sport, contra, aos 12 minutos do segundo tempo; 
 
INTERNACIONAL
Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Artur; Fernando Bob, Fabinho, Anselmo (Gustavo Ferrareis), Andrigo (Nilton) e Eduardo Sasha; Vitinho (Aylon).
Técnico: Argel Fucks
 
SPORT
Magrão; Samuel Xavier, Henríquez, Durval e Renê; Serginho (Luiz Antonio), Ritchely, Gabriel Xavier, Everton Felipe (Reinaldo Lenis) e Diegou Souza; Vinícius Araújo (Túlio de Melo).
Técnico: Oswaldo de Oliveira
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos