Atlético monitora situação de Pato e pode copiar Corinthians em caso André

Thiago Fernandes e Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

A procura do Atlético-MG por um atacante não é novidade para quase ninguém. Desde que chegou ao clube, na sexta-feira passada (20), Marcelo Oliveira reforça a necessidade de encontra um jogador para se tornar referência no setor ofensivo. Emprestado ao Chelsea, da Inglaterra, Alexandre Pato aparece como uma possibilidade.

A situação do jogador, que pertence ao Corinthians, é monitorada pelo departamento de futebol do clube desde dezembro do ano passado. Ele reúne admiradores na cúpula atleticana. O presidente Daniel Nepomuceno é fã confesso do atleta, de 26 anos. Ele já disse isso a pessoas próximas.

O diretor de futebol Eduardo Maluf também aprecia o trabalho do atacante que, após a passagem pelo Stamford Bridge, retorna ao Brasil no próximo mês. Durante a Florida Cup, ele chegou a conversar com dirigentes corintianos sobre a situação contratual do jogador.

Embora saiba das dificuldades, sobretudo devido aos concorrentes, o Atlético já se prepara para tentar a contratação de Alexandre Pato. A intenção é repetir o que foi feito com André pelo próprio Corinthians. Como o jogador tem vínculo com os paulistanos até dezembro de 2016, ele estará disponível para assinar um pré-contrato a partir de julho.

Contudo, mesmo que já firme compromisso com outra agremiação, Pato só poderá defendê-la em janeiro do próximo ano. No caso de acerto com o atacante, os mineiros iriam a São Paulo para buscar uma liberação do presidente Roberto de Andrade. O intuito é que seja feito um acordo para o jogador se transferir para a Cidade do Galo antes do previsto. A negociação é idêntica à que acarretou na ida de André para o CT Joaquim Grava.

O grande imbróglio da negociação é a questão salarial. O atacante tem vencimentos de R$ 800 mil mensais no Corinthians. Hoje, na Cidade do Galo, somente Robinho tem salário semelhante ao do jogador que defendeu o Chelsea neste primeiro semestre. O Rei das Pedaladas, no entanto, recebe dois terços de seu salário da DryWorld, fornecedora de material esportivo do Atlético.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos